ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  20    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Doadores de órgãos agora podem registrar desejo em cartório

Informações do doador agora estarão em um banco de dados, acessível 24 horas por dia

Kamila Alcântara | 02/04/2024 17:42
Profissionais da saúde transportam órgãos (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)
Profissionais da saúde transportam órgãos (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)

O Cartório de Notas passa a receber, a partir desta terça-feira (2), documento que formaliza o desejo de doar órgãos em Mato Grosso do Sul. De forma digital, a Aedo (Autorização Eletrônica de Doação de Órgãos) fica registrada dentro de uma base de dados acessada pelos profissionais da saúde, que terão em mãos a comprovação do desejo do falecido para apresentar à família no momento do óbito.

Desenvolvida pelo CNB/CF (Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal), o documento é regulamentado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e está disponível gratuitamente pelo site www.aedo.org.br. As informações do doador também serão disponibilizadas na Central Nacional de Doadores de Órgãos, para consulta do CPF do doador, acessível 24 horas por dia, 7 dias por semana, de qualquer dispositivo com acesso à internet.

Até a implantação da Aedo, quem autoriza a doação em caso de morte encefálica é a família do cidadão, que precisava estar ciente da intenção da pessoa em doar seus órgãos e/ou tecidos. Agora, basta ter o registro na base de dados que será analisado quando o óbito é registrado.

"O provimento que regulamenta o procedimento de doação de órgãos assegurou a importância de que todos os cidadãos tenham acesso gratuito a um mecanismo seguro que fomente e agregue o maior número de doadores de órgãos e tecidos com o objetivo de que seja respeitada a declaração de vontade do doador,” assinalou o corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão.

Para realizar a Autorização Eletrônica de Doação de Órgãos, o interessado preenche um formulário diretamente no site www.aedo.org.br, que é recepcionado pelo Cartório de Notas selecionado. Em seguida, o tabelião agenda uma sessão de videoconferência para identificar o interessado e coletar a sua manifestação de vontade.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias