ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

No Estado, 12 cidades vão receber mais de 5 mil comprimidos de cloroquina

Remédio deve ser enviado pelo Ministério da Saúde e distribuído nesta semana

Por Anahi Zurutuza | 07/04/2020 15:20
Hospital Regional de Campo Grande também é referência na análise do quadro de pacientes que usarem o medicamento (Foto: Henrique Kawaminasmi/Arquivo)
Hospital Regional de Campo Grande também é referência na análise do quadro de pacientes que usarem o medicamento (Foto: Henrique Kawaminasmi/Arquivo)

Em Mato Grosso do Sul, 12 municípios devem receber nos próximos dias comprimidos de cloroquina para serem usados no tratamento de pessoas internadas com a covid-19. Serão distribuídas para estas cidades 5 mil comprimidos enviados ao Estado pelo Ministério da Saúde.

Ainda não há comprovação de eficácia da cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento de pacientes em estado grave por causa do novo coronavírus, mas a iniciativa do governo federal toma como base estudos promissores com o medicamento. O protocolo, por enquanto, prevê 5 dias de ingestão do remédio, apenas para pacientes hospitalizados.

A cloroquina chegará para hospitais de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Sidrolândia e Três Lagoas, segundo o governo do Estado.

A administração estadual destaca ainda que os hospitais Regional e Universitário de Campo Grande ficarão responsáveis pelos ensaios clínicos sobre os pacientes que forem tratados com o medicamento, para criar uma base de dados mais consistentes sobre a substância. “É preciso total cautela, considerando que a eficácia do medicamento ainda não está comprovada cientificamente”, afirmou o infectologista Júlio Croda, coordenador de especialistas da Fiocruz/Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, via assessoria de imprensa.