ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Em MS, 5 municípios correm risco de alta incidência de infecção por coronavírus

Pesquisa aponta que Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Bonito estão mais suscetíveis ao aumento de casos

Por Silvia Frias | 03/04/2020 16:39
Rodoviária de Campo Grande está fechada desde o dia 24 de março (Foto/Arquivo: Marcos Maluf)
Rodoviária de Campo Grande está fechada desde o dia 24 de março (Foto/Arquivo: Marcos Maluf)

Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Bonito são os municípios de Mato Grosso do Sul mais suscetíveis ao aumento dos casos de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19) caso as ações de mobilidade social sejam afrouxadas pelas autoridades sanitárias. A conclusão faz parte de estudo elaborado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) em parceria com a Fiocruz.

A pesquisa faz parte do 3º relatório do núcleo da Mave (Métodos Analíticos para Vigilância em Epidemilogia) e atualiza o padrão de disseminação do vírus nos 27 estados e no Distrito Federal levando em conta a importação de casos provenientes dos principais focos de transmissão: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Fortaleza, Porto Alegre e Manaus.

O estudo divulgado hoje foi feito quando o Estado tinha 44 casos confirmados da Covid-19 e nenhuma morte registrada. Hoje, a Secretaria Estadual de Saúde já contabiliza 60 infectados e uma morte, ocorrida em Três Lagoas, de mulher de 64 anos residente em Batayporã.

Nos últimos 15 dias, foi notificada média de 2,5 casos de Covid-19, mas chegando a oito em um único dia. O relatório aponta uma tendência de “notificação diária aparentemente exponencial, mas ainda pouco definida”.

O principal foco de disseminação da doença é Campo Grande, que hoje reúne 43 dos casos confirmados. O relatório também leva em conta a incidência de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), que “está em nível muito alto considerando o histórico do estado”, sendo uma zona de risco.

A pesquisa recomenda a manutenção do distanciamento social e redução no fluxo intermunicipal para conter a velocidade do avanço da Covid-19 no Estado.

Desde o dia 24 de março, a prefeitura de Campo Grande suspensão as atividades no Terminal Rodoviário por prazo de 20 dias. O comércio que esteve suspenso a partir do mês passado começará a reabrir as portas de forma gradativa, conforme tipo da atividade.