ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Empresas entram com recurso em licitação para obra nos tanques do Aquário

Licitação está na fase de definir que empresas estarão aptas a participar do certame

Por Leonardo Rocha | 26/06/2020 11:30
Obra do Aquário do Pantanal, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis - Arquivo)
Obra do Aquário do Pantanal, em Campo Grande (Foto: Paulo Francis - Arquivo)

Três empresas entraram com recursos em relação a licitação para obra de impermeabilização dos 32 tanques, do Aquário do Pantanal. O impasse é sobre que empresas foram habilitadas e excluídas do processo. Os questionamentos serão analisados, antes de definir quem vai assumir o projeto.

Esta obra visa evitar infiltrações e vazamentos de água nos tanques do Aquário, nestas estruturas que comportam 5,4 milhões de litros, que após o longo período de paralisação do projeto, precisam de reparos e recuperação.

Nestes tanques ficarão a ictiofauna pantaneira, com a presença de peixes e répteis, que irão formar os circuitos cenográficos dos cinco continentes. A intenção é relatar a história do Pantanal, em relação a sua biodiversidade e ecossistema, além de mostrar outros que existem no Brasil.

A licitação foi lançada em 13 de fevereiro deste ano, com apresentação das propostas no dia 19 de março, período que começou a pandemia do coronavírus, em Mato Grosso do Sul. Os recursos serão analisados pela comissão da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos).

Recursos -  A empresa Montante Impermeabilização e Engenharia entrou com recurso em função de ser inabilitada no processo e ainda questionou a habilitação das empresas Protec Impermeabilização e Glauco Oliveira da Silva Eireli.

A Bodoquena Engenharia  Ltda também questionou a sua exclusão no processo, além de recurso contra as empresas Glauco Oliveira da Silva Eirelli e Protec e sobre a inabilitação da Montante.

Já a Protec questiona a habilitação das empresas Glauco Oliveira Eirelli e pela manutenção da Montante e Bodoquena como inabilitadas.

Por meio da assessoria, a Agesul informou que os recursos foram recebidos ontem (25) pela diretoria de licitação e os questionamentos serão analisados pela comissão. A licitação continua aberta e ainda não foi definida a empresa vencedora.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário