ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  18    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Governo compra 120 mil cobertas por mais de R$ 4 milhões para enfrentar o frio

Reinaldo Azambuja (PSDB) já inicia os preparativos para doar cobertores para famílias carentes de todo Estado

Por Gabriela Couto | 07/05/2021 17:38
Desde que assumiu o governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) realiza entrega de cobertores de forma anual (Foto Chico Ribeiro/Arquivo)
Desde que assumiu o governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) realiza entrega de cobertores de forma anual (Foto Chico Ribeiro/Arquivo)

Foi publicada na edição extra do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (07) o extrato de registro de preço da compra de cobertores do governo do Estado deste ano. Estão previstos até 120 mil mantinhas de microfibra que podem ser retiradas em até 12 meses no valor de R$ 4.006.800,00.

O contrato assinado com a Altomax comércio de meias e cobertores, importação e exportação estabeleceu o valor unitário de cada cobertor de R$ 33,39. A Sedhast (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano, Assistência Social e Trabalho) será responsável pela distribuição das cobertas para as famílias carentes dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

Até o momento não houve a informação de quando começa a entrega das mantinhas. No entanto, o primeiro frio do ano já chegou ao Estado nesta semana. A previsão é que as temperaturas comecem a despencar com a proximidade do inverno, no dia 21 de junho.

Neste ano serão 120 mil cobertores disponíveis para campanha de doação às famílias carentes dos 79 municípios do Estado (Foto Divulgação)
Neste ano serão 120 mil cobertores disponíveis para campanha de doação às famílias carentes dos 79 municípios do Estado (Foto Divulgação)

Vale destacar que todos os anos o governo do Estado tem realizado campanha de agasalho e entrega de cobertores. Em 2020, além de cobertas foram distribuídas máscaras para as famílias vulneráveis.

Ao todo foram 80 mil cobertores adquiridos, no valor de R$ 2 milhões, com recursos do FIS (Fundo de Investimento Social). Cada manta de microfibra saiu por R$ 25. As doações foram feitas no mês de agosto do ano passado.

A distribuição aos municípios atende critérios da Sedhast, que se baseia em orientações do CadÚnico (cadastro único de programas sociais do Ministério da Cidadania) sobre o porte populacional de cada cidade; e a quantidade de população indígena, conforme dados de 2010 do IBGE.

Desde 2015, já foram entregues em todos os cantos de Mato Grosso do Sul mais de 330 mil cobertores.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário