ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 32º

Cidades

Governo decreta a retomada das cirurgias eletivas nos hospitais

Revogação de medida aplicada em março de 2021 garante a legalização da Caravana da Saúde

Por Gabriela Couto | 21/07/2021 08:11
Cirurgias eletivas, como as realizadas na edição da Caravana da Saúde voltada para problemas oftalmológicos, serão retomadas em 30 dias (Foto Divulgação)
Cirurgias eletivas, como as realizadas na edição da Caravana da Saúde voltada para problemas oftalmológicos, serão retomadas em 30 dias (Foto Divulgação)

O primeiro passo oficial para a nova edição da Carava da Saúde foi tomado hoje (21) com a publicação do novo decreto do governo do Estado no Diário Oficial revogando a suspensão da realização de cirurgias eletivas pelos hospitais da rede pública estadual e pela rede contratualizada.

A medida tinha sido aplicada no dia 31 de março deste ano devido ao agravamento da pandemia da covid-19 e a necessidade de ocupação de leitos de alta complexidade. As exceções eram apenas cirurgias cardíacas, oncológicas, neurológicas e aquelas que, mesmo caracterizadas como eletivas, podiam causar danos ao paciente caso não fossem realizadas durante o período de suspensão.

Foram quatro meses de suspensão de serviço até que a taxa de ocupação de leitos em Mato Grosso do Sul reduzisse o suficiente para o governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), já cobrar do secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, a retomada do mutirão de serviços da caravana nos próximos 30 dias.

A meta, segundo o secretário é realizar até 1,5 mil cirurgias em um único final de semana por todo o Estado, utilizando a estrutura já existente dos hospitais públicos estaduais e os contratualizados.

O próximo passo agora é credenciar as unidades hospitalares que queiram participar da Caravana ou por processo licitatório.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário