ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Bebendo em mercado, grupo acua idosa que reclamou de aglomeração e um vai preso

Grupo bebia no estacionamento e mulher de 63 anos foi hostilizada ao reclamar de tumulto

Por Silvia Frias | 19/06/2021 07:23
No estacionamento do supermercado, aglomeração que causou revolta (Foto/Reprodução)
No estacionamento do supermercado, aglomeração que causou revolta (Foto/Reprodução)

Homem de 33 anos foi preso no estacionamento de supermercado por crime de desobediência, na noite dessa sexta-feira (18). Ele estava com grupo bebendo no local e hostilizou idosa, de 63 anos, que reclamou da aglomeração, a chamando de “velha” e a acuando, na frente dos policiais.

A confusão começou a partir das 23h30, no mercado, na avenida Mato Grosso. A PM (Polícia Militar) foi acionada pelo vigilante do local, por conta da presença de diversas pessoas que bebiam no estacionamento. O homem reclamou que isso é recorrente, mesmo com a proibição de permanência no local para consumo de bebidas.

Quando a PM chegou, a idosa de 63 anos, acompanhada de amiga, se aproximou e reclamou que o grupo chegou a entrar no mercado, provocando aglomeração, bebendo e, por isso, questionou o cumprimento das medidas sanitárias.

Neste momento, ela foi cercada por várias pessoas, que passaram a hostilizá-la, dizendo que ela era uma “velha e que deveria voltar para casa”.

De acordo com boletim de ocorrência, as ofensas continuaram em tom agressivo e eles cercavam as duas idosas, mesmo na frente dos policiais militares. Uma delas, segundo descrição feita à polícia, tinha sinal de traqueostomia, de intubação recente por conta da covid-19.

A equipe da PM pedia que o grupo se afastasse e um deles, rapaz de 33 anos, ainda se aproximava, agredindo verbalmente a idosa. Os militares resolveram dar voz de prisão, mas ele continuou alterado e, por isso, foi algemado.

A idosa se prontificou a ir à polícia para registrar o caso formalmente, em momento mais oportuno, pois se sentia vulnerável com a covid-19 naquele momento.

A aglomeração causou revolta em quem passou pelo mercado ontem. As imagens, enviadas ao Campo Grande News, mostram as pessoas no estacionamento.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário