ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  18    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Mais 19 pacientes são transferidos para UTIs em Rondônia e Espírito Santo

Sem vagas aqui, paciente foi levada esta manhã para RO, para onde vão mais nove, e outros dez irão para o ES

Por Lucia Morel | 02/06/2021 15:36
Mulher de 41 anos de Bonito (MS) sendo encaminhada para Rondônia. (Foto: Governo de MS)
Mulher de 41 anos de Bonito (MS) sendo encaminhada para Rondônia. (Foto: Governo de MS)

Mais 19 pacientes com covid-19 de Mato Grosso do Sul serão transferidos para outros Estados, sendo nove para Rondônia e dez para o Espírito Santo. Uma mulher de 41 anos, moradora de Bonito, foi para UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) em Rondônia esta manhã, totalizando 20 sul-matogrossenses sendo assistidos em outros estados.

Segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde), “ainda não há definições de quais pacientes irão, localidade ou horário dos voos”, conforme nota. A situação de colapso previsto foi anunciada há semanas e não há mais leitos intensivos para atendimento de pessoas com covid-19 nos hospitais de MS, que estão lotados.

Ao todo, Mato Grosso do Sul tem 593 vagas em UTI para assistência dos doentes com o novo coronavírus e todos estão ocupados. A taxa de ocupação está em 101,01%, o que corresponde a 599 leitos.

Isso significa que o excedente de seis, são leitos criados de forma improvisada para dar conta da demanda. Significa também – aliada à necessidade de encaminhar pacientes para outros estados – que os hospitais de MS não tem mais capacidade humana e de espaço que comporte novas vagas.

Nesta manhã, em transmissão ao vivo, o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, informou que há hoje, 278 pessoas esperando vaga em hospitais de Mato Grosso do Sul. Só na macrorregião de Campo Grande, há 170 pessoas em leitos improvisados, 144 são moradores aqui da Capital.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário