ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Ministério da Saúde planeja adquirir 100 milhões de doses para o 2° semestre

Até o momento, o Estado recebeu 285.644 doses de vacinas anti-covid

Por Tainá Jara | 03/03/2021 17:13
Vacina da Pfizer é a única aprovada pela Anvisa (Foto: Reuters/Dado Ruvic)
Vacina da Pfizer é a única aprovada pela Anvisa (Foto: Reuters/Dado Ruvic)

O Ministério da Saúde planeja adquirir 100 milhões de doses da Pfizer para imunizar a população contra a covid-19, além de doses Janssen (braço da farmacêutico da Johnson & Johnson).

De acordo com o jornal O Globo, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, se reuniu com a farmacêutica e pretende assinar acordo para compra. A maior parte dos lotes do imunizante, no entanto, deve ser entregue apenas no segundo semestre. As informações sobre as doses da Janssen foi dada pela Folha de São Paulo.

Em Mato Grosso do Sul, a vacinação começou no dia 18 de janeiro e, até o momento, foram encaminhadas 285.644 doses em seis lotes que incluem doses da CoronaVac e da AstraZenca/Oxford. Nesta quinta-feira, o Estado vai receber mais 28,7 mil doses do Instituto Butantan.

A decisão do ministro ocorreu após a aprovação do projeto de lei aprovado na Câmara na última terça-feira. A medida autoriza União, estados e municípios a assumirem responsabilidade por possíveis efeitos adversos de vacinas adquiridas contra a covid-19.

O Ministério se queixava de que as cláusulas da farmacêutica eram "abusivas e leoninas" por exigir a responsabilização da União.

A expectativa é que o Ministério da Saúde compre 100 milhões de doses da vacina da Pfizer com imunizantes chegando a partir de maio.

A vacina da Pfizer é a única a ter registro definitivo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o que significa que o imunizante pode ser comercializado e aplicado amplamente na população.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário