ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 13º

Capital

"Tive medo de não chegar a vacina", diz idosa imunizada em drive-thru nesta 4ª

Idosos e profissionais de saúde foram vacinados hoje no Parque Ayrton Senna, que menos movimento que ontem

Por Guilherme Correia e Mariana Rodrigues | 03/03/2021 10:02
Adair Anastácio, de 80 anos, tomou a primeira dose da vacina hoje (Foto: Paulo Francis)
Adair Anastácio, de 80 anos, tomou a primeira dose da vacina hoje (Foto: Paulo Francis)

Depois de contar com intensa movimentação ontem durante a vacinação no Parque Ayrton Senna, a manhã desta quarta-feira (3) apresentou menos movimento e não se formava fila por volta das 8h. De maneira quase uníssona, o sentimento de quem recebeu primeiro ou segundo imunizante hoje é o de "felicidade".

A aposentada Adair Anastácio, de 80 anos, estava feliz e aguardava pelo "momento único na vida". "Tive medo de não conseguir chegar até esse momento de tomar a vacina. O sentimento hoje é de felicidade, de ter essa oportunidade. Espero que todas as pessoas do mundo consigam se imunizar e que pare de morrer gente", relata.

Ela veio junto ao filho Oswaldo Dias, de 57 anos, que corrobora com a sensação ao dizer que é "uma satisfação trazer minha mãe". "Há pessoas jovens e de mais idade morrendo em hospitais, que estão praticamente todos cheios", diz.

Conforme o coordenador administrativo do ponto de imunização, que fica no Bairro Aero Rancho, ao menos 100 pessoas já receberam imunizantes hoje, divididos entre aqueles que vão receber a primeira dose (79 anos) e aqueles que têm recebido a segunda (94 e 95 anos). "Os grupos estão divididos por boxes para atender os dois tipos de forma organizada, sem haver prioridade", explica.

É importante ressaltar que, conforme a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), aqueles que tenham 80 anos ou mais, como é o caso de Adair, mas que "perderam a primeira dose", podem ser vacinados hoje.

Quem recebeu o reforço da vacinação foi a aposentada Nelcinda Juncker, de 94 anos, que diz "não ver a hora de ficar livre desse vírus". "Graças a Deus, já estou tomando a segunda dose. É uma emoção muito grande", completa.

Profissional do polo de vacinação no Parque Ayrton Senna aplica dose de vacina contra a covid-19 (Foto: Paulo Francis)
Profissional do polo de vacinação no Parque Ayrton Senna aplica dose de vacina contra a covid-19 (Foto: Paulo Francis)

Como forma de facilitar o atendimento, o paciente deve realizar o cadastro no sistema de identificação prévia, por meio do site vacina.campogrande.ms.gov.br. Esse sistema serve como identificação e ajuda para evitar filas enormes, mas o atendimento é por ordem de chegada.

Amanhã, quinta-feira (4), será a vez de pacientes de 93 e 92 anos receberam a segunda dose.

Profissionais de saúdeTrabalhadores do setor da "linha de frente" no combate ao coronavírus também foram imunizados hoje. O médico André Martins, de 42 anos, relata que é um "momento de prevenção", que poderá dar um conforto a mais à população. "Fico muito feliz em estar se prevenindo. Sei que é uma prevenção da forma mais grave da doença, mas tenho um conforto, se caso pegar o vírus, serão só sintomas mais leves, não será mais grave", explica.

Como médico, sempre penso em cuidar da família e do outro. Mas, chegou um momento em que precisam também cuidar de nós, senão não vamos poder cuidar de mais ninguém".

A enfermeira Graziela Gomes de Oliveira, de 36 anos, também recebeu a primeira dose, e relata que ficou emocionada em ser contemplada pela imunização. "Estava até arrepiada em tomar a primeira dose. Não imaginava esperar por algo tão grave como a pandemia, mas graças à tecnologia hoje a gente consegue ter a vacina. No ano passado, tudo isso era incerteza ainda", ressalta.

Trabalhando na linha de frente, a enfermeira Graziela Gomes recebeu primeira dose de vacina hoje (Foto: Paulo Francis)
Trabalhando na linha de frente, a enfermeira Graziela Gomes recebeu primeira dose de vacina hoje (Foto: Paulo Francis)

A profissional de enfermagem ainda completa ao relembrar que, mesmo quem já recebeu dose da vacina, é importante que se continue tomando os cuidados preventivos como forma de proteger outras pessoas. "Apesar de estar tomando a primeira dose, é muito importante estar tomando os cuidados como uso da máscara, álcool em gel", finaliza.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário