ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

MS ultrapassará nesta semana recorde de mortes da pandemia; 178 esperam leitos

Hoje são mais 20 óbitos e 1.616 infectados em Mato Grosso do Sul

Por Ângela Kempfer | 24/03/2021 11:09
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A 1 semana para o fim de março, falta pouco para o mês assumir o título do mais letal da pandemia em Mato Grosso do Sul. Com outras 20 mortes nesta quarta-feira (24), 9 em Campo Grande, o Estado soma 3.910 óbitos.

O número é bem menor que os registrados nos últimos dias, mas segundo a Secretaria Estadual de Saúde é baixo porque houve problema na atualização de dados do sistema nacional . Para amanhã, com a atualização real, a previsão é quantidade de mortes surpreendente.

"Muito provável que teremos o novo recorde nesta semana que termina no sábado. Estamos na pior fase da pandemia no Brasil. O momento não é de festa, é de ficar em casa e cuidar de quem você ama", alerta a secretária-adjunta da SES, Christinne Maymone.

Só em março já são 556 falecimentos, contra 587 de dezembro, marca recorde até agora. A diferença é de 31 vítimas fatais, número já registrado várias vezes por dia desde o início do mês.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A média móvel de casos confirmados subiu para 1.167,3 contaminados ao dia. O valor cresce diante do alto índice desta quarta-feira. São mais 1.616 infectados em 24 horas. No dia 4 de março, essa média diária era de 852 casos.

A taxa de contaminação atingiu 1.4. Ontem estava em 1.3. "Significa que para cada 100 pessoas, 104 são contaminadas no dia seguinte. Já conseguimos 0.92", lembrou o secretário de Saúde Geraldo Resende.

O número de pessoas hospitalizadas caiu um pouco. Ontem eram 1.108, hoje 1.092. Em UTIs, são 479 pacientes em estado grave. Além disso, quase 13 mil pessoas estão com vírus ativo em isolamento domiciliar.

A fila de espera continua, com 178 pacientes em locais improvisados. Não há mais leitos clínicos, tão pouco de UTIs. Novamente a SES alertou para falta de equipamentos e profissionais para ativação de vagas.

Com lotação de 110%, hoje, na Macrorregião de Campo Grande, 124 pessoas esperam vagas. Em Dourados, são 27 sem leitos e 100% dos leitos ocupados.

"Três Lagoas, tem uma só vaga. Corumbá está com 100% de ocupação", comentou o secretário.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário