ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Mulher bate o carro e tem telefone furtado em cruzamento da Capital

Pane no semáforo após queda de energia causou acidente na Ernesto Geisel; problemas são comuns no local

Por Beatriz Magalhães | 29/11/2021 17:23
Homem furta celular de mulher envolvida em acidente na Avenida Ernesto Geisel (Foto:Reprodução)
Homem furta celular de mulher envolvida em acidente na Avenida Ernesto Geisel (Foto:Reprodução)

Câmera de segurança registra acidente no cruzamento da Avenida Ernesto Geisel com a Rua do Aquário, em Campo Grande, causado por uma pane no semáforo. Além do acidente, as imagens também registraram, na manhã desta segunda-feira, o furto do celular de um dos condutores envolvidos na batida.

A região ficou sem energia depois da chuva de ontem a noite, e voltou cerca de 08h de hoje. Uma pane nos semáforos acabou causando o acidente, mas o que impressionou os vizinhos foi o furto do celular da condutora do veículo branco, feito por um homem de boné e camisa branca.

As imagens mostram ele entrando dentro do carro branco, momento em que furta o celular da condutora do veículo, que sentiu falta do aparelho logo depois. “Os funcionários de uma empresa haviam percebido que esse cara tinha entrado no carro, todo mundo meio apavorado acaba não prestando a atenção, mas um deles até pediu para ele sair de dentro do veículo”, afirma o empresário Cristiano Rubini, de 41 anos.  Confira no vídeo o momento do furto.



Ainda de acordo com Rubini, o homem foi identificado pela vizinhança que foram atrás dele. “Foi preciso negociar, porque ele já tinha vendido o celular, comprado outras coisas com o dinheiro. Em meia hora aconteceu tudo isso”.

O empresário conta que os acidentes são frequentes no cruzamento, e pede solução por parte da prefeitura. “Mais um acidente e ainda tinha criança no carro. O poder público só vai fazer alguma coisa quando acontecer algo muito grave. Há tempos a gente pede uma solução para esse cruzamento”.

“Cruzamento problema” - No mês passado, a mesma câmera registrou três acidentes em menos de uma semana. Moradores cobram a instalação de uma lombada eletrônica no local.  "Uma lombada eletrônica com limite de 50 km/h antes do sinaleiro resolveria", afirmou Cristiano na época.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário