ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Pacotão do governo, "MS Municipalismo Ativo" terá monitoramento de obras

Pacote de obras de R$ 1,5 bilhão, no total, terá primeira etapa lançada na próxima segunda-feira (22)

Por Cassia Modena e Gabriela Couto | 19/04/2024 12:47
O governador de MS, Eduardo Riedel, comentou o assunto após receber homenagem no Comando Militar do Oeste (Foto: Henrique Kawaminami)
O governador de MS, Eduardo Riedel, comentou o assunto após receber homenagem no Comando Militar do Oeste (Foto: Henrique Kawaminami)

O governador Eduardo Riedel (PSDB) confirmou hoje (19) o lançamento, na próxima segunda-feira (22), do pacote de obras "MS Municipalismo Ativo", conforme havia adiantado ao Campo Grande News nesta quinta-feira (18). Além do investimento pesado em infraestrutura - um total de R$ 1,5 bilhão previsto -, o programa terá sistema de cooperação entre o Governo de Mato Grosso do Sul e as prefeituras de cada município para o monitoramento dos trabalhos.

O MS Municipalismo Ativo terá três fases. A primeira é de "interação direta da demanda de infraestrutura" com os prefeitos e o repasse dos valores conforme as necessidades apuradas em cada lugar, explicou o governador. Para ela, lançada nesta semana, serão liberados R$ 500 milhões.

A segunda etapa é a criação de programas para as obras. A terceira e última é o acompanhamento que o governador citou. "Vai ser construído a partir de agora, que é o sistema de cooperação com monitoramento dos resultados por essa parceria", detalhou.

Prioridades - Riedel falou que as obras mais importantes para cada município serão contempladas pelo repasse estadual. Ele deu como exemplo as intervenções na Lagoa do Sapo, em Batayporã, além de uma avenida local que precisa de restauração.

Angélica também foi lembrada pelo "deficit de pavimentação muito grande" e obras de saneamento já em andamento, que precisam ser concluídas.

Conforme adiantou ontem (21) o prefeito de Dourados, Alan Guedes (PP), ao Campo Grande News, foram solicitados R$ 20 milhões para obras nessa que é segunda maior cidade do Estado. A intenção é custear o recapeamento do Jardim Água Boa e do BNH 4º Plano, locais que têm boa parte das ruas tomadas por buracos e por deformações provocadas ao longo do tempo.

Agendas dos últimos encontros do governador com prefeitos indicam que os recursos poderão contemplar ainda Ivinhema para a construção de 134 moradias populares e a continuação das etapas de pavimentação do distrito de Amandina; a travessia urbana da MS-306 em Chapadão do Sul; pavimentação de diversas ruas e construção de uma Arena Multiuso em Três Lagoas; pavimentação em Coronel Sapucaia; e revitalização da Lagoa Cumprida e implantação de ciclovia em Aquidauana.

Para o lançamento, está prevista a vinda de todos os prefeitos de Mato Grosso do Sul à Capital, vereadores e demais autoridades.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias