A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

19/01/2020 20:20

PR disponibiliza forças policiais para captura de fugitivos na fronteira de MS

Policiais Militares, Civis, Polícia Científica e Departamento Penitenciário estão à disposição do Ministério da Justiça

Adriano Fernandes
Roupas deixadas no túnel feito pelos bandidos na prisão de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. (Foto: Divulgação) Roupas deixadas no túnel feito pelos bandidos na prisão de Pedro Juan Caballero, no Paraguai. (Foto: Divulgação)

O Governo do Paraná disponibilizou, neste domingo (19), as forças policiais do Estado para ajudar na captura do 75 presos fugitivos da Penitenciária de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Mato Grosso do Sul, na madrugada deste domingo (19). 

Conforme o site Paraná Portal, Policiais Militares, Civis, Polícia Científica e Departamento Penitenciário estão à disposição do Ministério da Justiça e Segurança Pública para reforçar os trabalhos de localização e captura dos fugitivos.

Policiais do CIOF (Centro Integrado de Operações de Fronteira) estão em contato com o Ministério da Justiça desde a manhã deste domingo (19) para reforçar o trabalho de inteligência das forças de segurança nacionais e paraguaias – o Acordo do Comando Tripartite, entre Brasil, Argentina e Paraguai, facilita esse intercâmbio.

O CIOF, com sede no Paraná é um programa pioneiro no Brasil para atuação integrada e combate ao crime organizado. A unidade atua desde dezembro de 2019 em três frentes: operações ostensivas, auxílio das investigações em curso e combate às facções criminosas, ainda conforme o site local. Estão à disposição das equipes federais e estaduais imagens de satélite e câmeras estratégicas dos municípios paranaenses e do Estado.

A fuga – O 75 presos, são integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e fugiram por um túnel, construído a partir de duas celas do pavilhão B do presídio. A Ministra da Justiça no Paraguai, conforme o jornal paraguaio ABC Color, disse que a facção ofereceu 80 mil dólares para que representantes públicos auxiliassem os presos na fuga.

A possibilidade de ingresso, em Mato Grosso do Sul, da maioria dos presos que fugiram fez com que o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e a PRE (Polícia Rodoviária Federal) intensificassem as operações em rodovias, estradas vicinais e acessos ao lado brasileiro e paraguaio neste domingo (19).

Entre os fugitivos está o pistoleito Osvaldo Ferreira Caray, preso há apenas 8 dias, suspeito de ter executado Jorge Daniel Sanchez Cuevas, 24 anos, com cinco tiros de pistola em frente a uma conveniência em Pedro Juan.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions