ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 33º

Cidades

Prefeito do Rio de Janeiro lamenta morte de sul-mato-grossense: “Inaceitável”

Segundo Eduardo Paes, a equipe ainda está apurando mais detalhes das circunstâncias do ocorrido

Por Viviane Oliveira | 18/11/2023 08:57
Imagem divulgada pela Prefeitura de Sonora 
Imagem divulgada pela Prefeitura de Sonora

Em suas redes sociais, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse que é inaceitável a morte da sul-mato-grossense Ana Clara Benevides, de 23 anos, durante show da cantora norte-americana Taylor Swift, na noite de ontem (17), no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro.

Segundo o prefeito, a equipe ainda está apurando mais detalhes das circunstâncias do ocorrido. "De qualquer forma, já determinei ao Chefe Executivo de Operações do município que exija providências junto a produção do show. Já posso adiantar as seguintes medidas que eles devem anunciar ainda na manhã de hoje: antecipar a entrada em 1 hora e ocupar o anel de circulação para tirar o publico do sol, novos pontos de distribuição de água, aumento de número de brigadistas e aumento de ambulâncias”, escreveu.

Postagem do prefeito do Rio de Janeiro
Postagem do prefeito do Rio de Janeiro

A Prefeitura de Sonora, distante 364 quilômetros de Campo Grande, também lamentou a morte precoce da jovem. “É com profundo pesar que a Prefeitura de Sonora informa o falecimento da jovem Ana Clara Benevides. Nesse momento de dor nos solidarizamos com os familiares e amigos e expressamos as mais sinceras condolências pela perda”.

Segundo a família da universitária, Ana Clara era muito fã da cantora e planejou a ida ao show por meses. De acordo com informações preliminares, a jovem assistiu ao início da apresentação, desmaiou e teve uma parada cardiorrespiratória. O jornal Folha de São Paulo afirmou que mais de mil pessoas passaram mal durante o evento e a sensação térmica chegou aos 60ºC.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias