ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

Servidores do Estado terão reajuste linear de 10%

Administrativos da educação vão ter reajuste de 14,4% a 17,8%, conforme apurado pela reportagem

Por Nyelder Rodrigues e Gabriela Couto | 16/11/2021 09:34
Tabela com os valores brutos a serem recebidos pela categoria de auxliar de atividades educacionais.
Tabela com os valores brutos a serem recebidos pela categoria de auxliar de atividades educacionais.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) entregou na manhã desta terça-feira (16), na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), a tabela de reajuste dos servidores públicos estaduais ligados diretamente ao Poder Executivo. O valor linear apresentado para todas as categorias foi de 10% de reajuste.

Além disso, o chefe do Executivo estadual também trouxe a informação de que o abono salarial de R$ 200 será incorporado também por todas as categorias. O vale-alimentação de outras categorias também deve ser incorporado - reajustes de determinadas categorias devem ser feitos além do valor de 10%, alguns ainda em negociação.

Tabela com os valores brutos a serem recebidos pela categoria de agente de atividades educacionais.
Tabela com os valores brutos a serem recebidos pela categoria de agente de atividades educacionais.

Antes do início do evento de apresentação da proposta, que ainda será votada pelos deputados estaduais, os parlamentares e o governador se reuniram para acertar os últimos detalhes - com ampla maioria na Casa, o Executivo deve conseguir a aprovação da medida, que passou pelo crivo de todos os sindicatos.

O Campo Grande News acompanha o encontro na Alems e já antecipa os índices que foram alcançados pelos servidores da área administrativa da educação pública sul-mato-grossense, que se aproxima da marca dos 18%.

Tabela com os valores brutos a serem recebidos pela categoria de assistente de atividades educacionais.
Tabela com os valores brutos a serem recebidos pela categoria de assistente de atividades educacionais.

Conforme apurado pela reportagem, os auxiliares de atividades educacionais sem o benefício do programa Profuncionário terão reajuste de 14,4%, levando em consideração os que estão em início de carreira com letra A e nível 1.

Já os que tem Profuncionário na mesma função ficarão com reajuste de 17,1%. O mesmo ocorre com os agentes de atividades educacionais sem e com o Profuncionário - ambos também na tabela de carreira ainda em letra A e nível 1. Respectivamente, o reajuste destinado a eles vai de 15% a 17,3%.

Por fim, no caso dos assistentes de atividades educacionais, o reajuste foi fixado em 15,8% e 17,8%, respectivamente, para os que não possuem e os que possuem o Profuncionário - ambos também em nível 1 e letra A no plano de carreira.

Tabela mostra como ficarão os reajustes da categoria, concedidos pelo Governo do Estado (Arte: Thiago Mendes)
Tabela mostra como ficarão os reajustes da categoria, concedidos pelo Governo do Estado (Arte: Thiago Mendes)

(*) Matéria atualizada às 9h55 para acréscimo de informações.

Nos siga no Google Notícias