ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Testes rápidos vão para todo interior e Lacen funcionará até de noite

Intenção é ampliar o máximo possível número de testes realizados, segundo secretário

Por Tainá Jara | 11/04/2020 12:36
Seis mil testes rápidos foram encaminhados pelo Ministério da Saúde (Foto: Marcos Maluf)
Seis mil testes rápidos foram encaminhados pelo Ministério da Saúde (Foto: Marcos Maluf)

Nenhum dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul deve ficar sem testes rápidos para serem aplicados preferencialmente em profissionais da saúde e da segurança pública. De acordo com o secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende, os 6 mil exemplares, enviados pelo Ministério da Saúde, serão distribuídos para todas as cidades. A partir da segunda-feira, o Lacen (Laboratório Central) passa a funcionar 24h para aumentar a eficácia dos testes moleculares.

Em transmissão ao vivo, realizada na manhã deste sábado, pelas redes sociais do governo do Estado, o secretário afirmou que cada município vai receber ao menos um caixa de com 20 testes rápidos, já que cada kit possui apenas um reagente.

“Esses testes só serão realizados, após o sétimo dia de possíveis sintomatologias de síndrome viral e serão destinados exclusivamente para o pessoal da saúde e para o pessoal da segurança pública”, ressaltou.

Segundo ele, o governo federal ficou devendo o envio de mais 1.047 testes. “Vamos cobrar do Ministério da Saúde", garantiu.

Em Campo Grande, os testes rápidos também serão aplicados em pacientes com sintomas da covid-19, a partir de segunda-feira, na modalidade drive-thru, e será apenas para quem for selecionado na triagem do Disk Covid. A consulta será no Batalhão Central do Corpo de Bombeiros, na esquina da rua 14 de Julho com a 7 de Setembro.

A intenção é ampliar a realização também de testes moleculares. Para isto, o Lacen vai funcionar inclusive no período da noite, a partir da próxima semana, e a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) também passará a auxiliar com os resultados dos testes.

O Estado realiza em média 80 testes por dia. A intenção, no entanto, é chegar a 150. “Nós vamos ter agora a feitura de exames em dois locais em Mato Grosso do Sul . Lá na UFMS e no Lacen. Que vai funcionar 24 horas ininterruptas. Ou seja, vão fazer a testagem a noite. Nós queremos ampliar o máximo possível o número de testes no Estado”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário