ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

TJ volta a orientar os pais de como proteger filhos dos conflitos do divórcio

Oficinas foram ministradas nos dias 12 e 13 de maio; 23 pais participaram do intensivão

Por Karine Alencar | 17/05/2022 19:41
Pais participando da última turma de orientação ministrada este mês (Foto: TJ-MS)
Pais participando da última turma de orientação ministrada este mês (Foto: TJ-MS)

Três anos após ter a atividade presencial interrompida devido a pandemia de covid-19, o TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), voltou a oferecer oficinas de orientações para que os pais protejam os filhos dos conflitos ocasionados pelo divórcio.

As oficinas de parentalidade presenciais foram realizadas nos últimos dias 12 e 13 de maio, das 14 às 18 horas, ocasião em que 23 pessoas participaram do intensivão, que mira pontuar os efeitos negativos que os embates causam na saúde psicológica dos pequenos.

No debate, os conteúdos ministrados abordam como pais, podem fazer para estabelecer uma boa parceria parental com as crianças e os adolescentes. Os atendimentos começaram no segundo semestre de 2018 e acabaram sendo suspensos em razão da pandemia.

Já em agosto de 2021, foram iniciados os trabalhos on-line, o que possibilitou atender as demandas da Capital e de cidades do interior de todo o Estado. Os novos encontros estão marcados para os dias 9 e 10 de junho, e mês a mês conforme a demanda, que irão se somar à agenda de oficinas on-line para que o leque de atendimentos seja ampliado.

Assim, além da demanda processual enviada a cargo do magistrado, os Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), na fase pré-processual, encaminham os casais em processo de divórcio que possuem filhos menores de idade para as Oficinas de Parentalidade, antes de agendar as audiências de mediação.

Nos siga no Google Notícias