ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

“Vacina Geral MS” mobiliza população e políticos

Campanha quer trazer 3 milhões de doses da vacina Janssen para tornar o Estado um projeto piloto no país

Por Gabriela Couto | 09/06/2021 16:29
Mobilização nas redes sociais pede vacinação em massa da população sul-mato-grossense para projeto piloto no país (Foto Kísie Ainoã)
Mobilização nas redes sociais pede vacinação em massa da população sul-mato-grossense para projeto piloto no país (Foto Kísie Ainoã)

Começou na tarde de hoje (09) o movimento “Vacina Geral MS” para trazer 3 milhões de doses da vacina Janssen ao Estado. Os imunizantes devem chegar ao Brasil no próximo dia 15 de junho e estão com prazo de validade até o dia 27 de junho.

As doses precisarão ser aplicadas em tempo recorde, algo que já é uma especialidade e motivo de orgulho dos sul-mato-grossenses. O Estado tem liderado a campanha de vacinação contra o coronavírus nos últimos meses.

A mobilização quer sensibilizar o governo federal a fazer com que o Mato Grosso do Sul seja o primeiro no país a concluir a imunização de toda a população e assim ser um projeto piloto para análise do comportamento do vírus nesta situação.

Nas redes sociais já começaram os compartilhamentos da #vacinageralms e #euapoiomsimunizado. A vereadora de Campo Grande, Camila Jara (PT), falou sobre a importância da campanha junto à população e aos representantes sul-mato-grossenses em Brasília.

“Desde que começou a vacinação contra a Covid no País, lá em janeiro, Mato Grosso do Sul não saiu do topo do ranking dos estados que mais aplicam a vacina, ou seja, temos condições de aplicar essas 3 milhões de doses sem perdas e ainda ajudamos a desafogar o sistema de saúde, que já está em colapso”, explicou Camila Jara.

Nas redes sociais políticos iniciam compartilhamento para sensibilizar o governo federal e pedem apio da população (Foto Instagram)
Nas redes sociais políticos iniciam compartilhamento para sensibilizar o governo federal e pedem apio da população (Foto Instagram)

Apoiadores

Por meio de vídeos e postagens nas redes sociais, o movimento quer mobilizar os três senadores e os oito deputados federais, incluindo uma ministra, para que pressionem o governo federal a enviar as doses para Mato Grosso do Sul, garantindo a imunização de 100% da população.

O deputado federal Fábio Trad já respondeu a "convocação", defendendo que "se Mato Grosso do Sul consegue vacinar rapidamente, porque correr o risco da vacina perder a validade? Janssem para Mato Grosso do Sul, urgente", postou o parlamentar em vídeo distribuído via Whatsapp.

Outra parlamentar de Mato Grosso do Sul a entrar na onda foi a deputada federal Rose Modesto (PSDB), que foi pessoalmente até o Ministério da Saúde nesta tarde e reforçou o pedido da Consems para a destinação das vacinas da Janssen para o Estado.

“Mato Grosso do Sul vem contabilizando números recordes de novos casos e mortes em razão da Covid-19. A ocupação dos leitos de UTI também atingiu os patamares máximos. Pacientes estão sendo removidos para outras unidades da federação em razão da falta de leitos no estado. Todo esse cenário reforça a necessidade de uma atuação concentrada no processo de imunização da população do estado”, justificou.

O apoio também foi reforçado pelo governo estadual. "Vou me mobilizar, buscar apoio das bancadas, do setor privado para conseguir trazer o número de doses necessárias para vacinar toda a população. Mato Grosso do Sul é o estado mais eficiente do Brasil em vacinação estamos fazendo por merecer", defendeu o secretário de Infraestrutura do Governo do Estado, Eduardo Riedel.

Nesta terça-feira (8), o COSEMS-MS (Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Estado) já havia encaminhado ofícios ao Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e à Coordenadora Geral do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fontana Sutile Tardetti Fantinato, solicitando que seja enviado ao MS esse primeiro lote das vacinas produzidas pelo grupo Johnson & Johnson.

O Mato Grosso do Sul é um Estado pequeno, com baixa densidade demográfica, e que no momento possui uma taxa de infecção elevada para que o efeito da vacinação possa ser avaliado mais rapidamente, e possui condições de realizar a pesquisa.

População pode compartilhar nas redes sociais e marcar autoridades para conseguir participar da mobilização (Foto Instagram)
População pode compartilhar nas redes sociais e marcar autoridades para conseguir participar da mobilização (Foto Instagram)

Como participar - A população pode participar utilizando a #vacinageralms nas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram) e marcando os perfis dos representantes de MS em Brasília: os Senadores Nelsinho Trad (PSD), Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (PSL) e os deputados federais Beto Pereira (PSDB), Dagoberto Nogueira (PDT), Luiz Ovando (PSL), Fábio Trad (PSD), Rose Modesto (PSDB), Loester Trutis (PSL), Vander Loubet (PT) e a ministra Tereza Cristina.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário