A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Março de 2019

04/03/2019 11:53

PRF registra 5 mortes e multa mais de 2 mil motoristas por alta velocidade

Em um único acidente, registrado por volta das 13 horas de ontem na BR-158, entre Paranaíba e Cassilândia, morreram quatro pessoas

Viviane Oliveira
Carro de passeio ficou destruído em acidente com quatro mortes registrado na BR-158 (Foto: Direto das Ruas) Carro de passeio ficou destruído em acidente com quatro mortes registrado na BR-158 (Foto: Direto das Ruas)

Em três dias de Operação Carnaval, que começou no dia 1º e vai até quarta-feira (6), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) registrou cinco mortes nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul e flagrou em média 30 motoristas acima da velocidade do que é permitido por lei. No total, foram 2.248  infrações por abuso de velocidade. 

Conforme balanço parcial divulgado pela polícia nesta manhã, de 4.112 condutores fiscalizados, 43 foram flagrados dirigindo bêbados e oito acabaram presos, 68 foram autuados por falta de cinto de segurança (tanto do motorista quanto do passageiro), 20 por transportarem crianças fora da cadeirinha e 166 por ultrapassagem indevida. 

Também foram contabilizados 17 acidentes com 21 feridos e cinco mortes, sendo duas delas ocorridas em hospitais. Um das mortes ocorreu por volta das 7h de ontem (3), no Km 258 da BR-163, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande. O ciclista João da Silva Primo, 80 anos, morreu após se envolver em acidente com caminhão Volvo.

Conforme boletim de ocorrência, o idoso seguia numa bicicleta, quando houve uma colisão lateral entre os veículos na rotatória que dá acesso a Cristalina e Ponta Porã. O motorista do caminhão não percebeu o acidente e só retornou após ser avisado por uma testemunha. João foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital da Cassems, onde morreu por volta do meio dia.

Por volta das 13h do mesmo dia, na BR-158, entre Paranaíba e Cassilândia, acidente entre carro de passeio e carreta carregada com milho matou quatro pessoas. As vítimas foram identificadas como Genásio Nunes de Oliveira, 47 anos, Lauriane Nunes de Oliveira, 40 anos, Lucilene Nunes de Oliveira, 44 anos, e João Vitor Nunes dos Santos, 18 anos. Genásio, Lauriane e Lucilene eram irmãos. O motorista da carreta identificado como Antônio Carlos, 42 anos, saiu ileso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions