A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/05/2015 09:38

"Nem sei como vou agradecer a Deus por salvar minha família", diz Angélica

Flávia Lima
Ambulâncias transportando a família de Angélica deixaram Santa Casa no início da noite deste domingo (Foto:Fernando Antunes) Ambulâncias transportando a família de Angélica deixaram Santa Casa no início da noite deste domingo (Foto:Fernando Antunes)
Angélica falou rapidamente sobre o acidente na manhã desta segunda-feira. (Foto:TV Globo)Angélica falou rapidamente sobre o acidente na manhã desta segunda-feira. (Foto:TV Globo)

A apresentadora Angélica, internada desde domingo (24) à noite no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, falou na manhã desta segunda-feira (25) à coluna da jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, sobre o acidente aéreo que sofreu com sua família na manhã de ontem, quando retornava de Miranda, Mato Grosso do Sul, para Campo Grande, de onde pegariam o jatinho particular da família para seguirem viagem até o Rio de Janeiro. Ela disse que a família foi salva por milagre.

Ela, o marido, o apresentador Luciano Huck, os três filhos do casal e duas babás estavam em um bimotor que fez um pouso forçado na fazenda Palmeira, a 21 quilômetros de Campo Grande. A família foi socorrida por vizinhos da fazenda e passou toda a tarde na Santa Casa da Capital, onde recebeu os primeiros socorros, sendo liberada no início da noite para seguir viagem até São Paulo com o objetivo de continuar os exames médicos no Hospital Albert Einstein.

Angélica seguiu em um jatinho com UTI móvel e o apresentador em sua aeronave particular ao lado dos filhos e das babás.

Com suspeita de ter fraturado a bacia, Angélica e Luciano continuam internados, sem previsão de alta. Luciano também sofreu escoriações e suspeita de fratura em uma das vértebras. As crianças, Joaquim, Benício e Eva já foram liberados na noite de domingo. Os pais do casal se revezam para acompanhar os apresentadores no hospital.  

A notícia do acidente mobilizou a mídia e desde ontem é manchete em todos os jornais, porém a família ainda não fez um comunicado oficial, apenas Angélica fez uma rápida declaração. Mesmo internada, a apresentadora disse que considerou "um milagre" o fato de sua família ter sobrevivido ao pouso forçado. "Estamos nos recuperando física e emocionalmente. Foi um milagre o que aconteceu. Deus nos salvou. Eu e Luciano passamos a noite fazendo exames e estamos bem. Nada grave, dores de pancada por todo o corpo. O cinto machucou um pouco. Estamos muito emocionados com o dia do nosso renascimento. Nem sei como vou poder agradecer a Deus por salvar minha família", ressaltou no depoimento dado a jornalista Patrícia Kogut.

A mãe de Angélica, Angelina, contou ao site Ego, que a filha se machucou ao tentar proteger o filho mais velho, Joaquim, que estava sentado próximo a ela  na aeronave. A bebê Eva foi protegida por uma das babás. Ainda segundo dona Angelina, a apresentadora foi submetida a uma bateria de exames durante a madrugada.

"Fiquei muito chocada. Deus é tão maravilhoso. Nada de mais grave aconteceu com ela. O que ela teve foi mais dor no corpo por conta do baque do avião. Minha filha passou pelos exames e está bem. Qualquer pessoa no lugar dela ficaria assustada numa situação como essa. Angélica não quebrou nada", disse Angelina ao site.

O acidente - Luciano Huck e Angélica haviam contratado os serviços da MS Táxi Aéreo para transportá-los de Miranda a Campo Grande. A empresa já havia levado a família até a estância Kayman, onde Angélica fez gravações para o programa "Estrelas", que ela comanda na Rede Globo. No retorno, o bimotor sofreu uma pane nos motores e o piloto Oscar Frattini, que tem 30 anos de experiência, precisou fazer um pouso forçado em uma fazenda próximo a Capital.  

Minutos após o acidente, moradores da região foram ao local socorrer a família, que foi trazida para Campo Grande em um veículo particular. De acordo com a esposa do piloto, Lucilene Gonçalves Vaz, que conversou com o marido logo após o pouso, Angélica ficou nervosa no momento do procedimento de aterrisagem e gritou muito.

A família foi levada para a Santa Casa de Campo Grande onde recebeu os primeiros atendimentos, sendo liberada no final do dia para seguir viagem a São Paulo. Durante toda a tarde, fãs e imprensa lotaram o Pronto Socorro do hospital, mas o casal não emitiu nenhuma declaração oficial e proibiu a divulgação de boletim médico. A suspeita de que os ferimentos em Angélica eram mais graves do que se imaginava surgiu após divulgação de foto, feita por celular em que a apresentadora aparece deitada em uma maca com o Luciano ao lado dela.  

O piloto, Osmar Frattini, e o copiloto, José Flávio Zanatto também receberam alta da Santa Casa. Ambos tiveram escoriações, mas sem gravidade.

Helicóptero da Base Aérea chega ao local do acidente para resgatar piloto. (Foto:Fernando Antunes)Helicóptero da Base Aérea chega ao local do acidente para resgatar piloto. (Foto:Fernando Antunes)


O absurdo foi ver vários trabalhadores que sofreram acidentes e outros que precisam de UTI, nos corredores aguardando.
Porque o luciano e a angélica não ficaram no corredor esperando?
Temos que exigir do Governador e da presidente Dilma, cancelamento de envio de verbas para santa casa, porque estão enganando o povo.
Se teve lugar para 04 pessoas serem atendidas ao mesmo tempo, porque vários estão a mais tempo esperando nos corredores?
Nesse angu tem mosquito.
Como vi em outros comentários, concordo e coloco aqui também.
"O Ministério Público precisa investigar o tal Wilson presidente da Santa Casa.
Pra ver para onde está indo o dinheiro público."
 
Marcionil em 25/05/2015 14:19:23
Deveria agradecer ao piloto pela sua perícia ao pousar o avião com relativa segurança dado a gravidade do problema.
 
Luciano Bandeira em 25/05/2015 12:31:16
Doa dinheiro pra quem precisa. Daí você agradece à sua vida.
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 25/05/2015 12:14:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions