A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

24/10/2010 09:34

12ª Corrida dos Carteiros teve quase mil inscritos

Redação

A 12ª edição do Circuito Nacional dos Carteiros, realizada nesta manhã em Campo Grande, contou com 978 inscritos.

Apesar de ser um evento tradicional dos funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a corrida foi aberta e os participantes de fora da empresa foram a maioria. Apenas 128 funcionários dos Correios participaram, conforme a organização do evento.

Para os carteiros, a corrida foi apenas um prolongamento da 'correria' que eles dizem enfrentar no dia a dia. O carteiro Antônio Torres da Silva, de 35 anos, percorre diariamente 40 km de Vicentina onde mora até o trabalho em Dourados, mais 30 km de motocicleta até a pista de corrida em Fátima do Sul, onde treina, e corre outros 10 km a pé.

Apesar do preparo, ele diz que a rotina de entregar correspondência é 'puxada'. "Correndo e entregando cartas", é como resume seus dias. O funcionário adianta que no final do ano aumenta o movimento e o número de trabalhos, por isso são necessárias novas contratações.

Campeã pelo 4° ano consecutivo em sua categoria, a carteira Valéria Leite Galvão, de 39 anos, explica o reduzido número de participantes dos Correios na competição é justamente devido à falta de funcionários.

"Tem muitos trabalhando hoje; o carteiro está meio sobrecarregado", revela. Ela adianta que são esperadas novas contratações, mas apenas para o início do próximo ano.

Incentivo - Além dos funcionários dos Correios, vários trabalhadores de outras áreas participaram da corrida. No gramado dos altos da Afonso Pena as famílias esperavam a chegada. Alguns levaram uma hora para completar o trajeto de 10 km.

A seguritária Eliane Gonçalves Xavier, de 34 anos, aguardava o marido que desde o início deste ano participa de todas as corridas abertas ao público. "E a gente fica apoiando", afirma. Segundo ela, o desempenho do marido tem melhorado a cada prova.

Para aumentar o incentivo, a costureira Auxilia Borella, de 49 anos, decidiu caminhar no último circuito de que o marido participou, a Volta das Nações, mas confessa ter pensado que o percurso era menor. Agora, ela acompanha fora da pista a evolução do marido, que trabalha como motorista.

Atletas - Além dos funcionários dos Correios e dos atletas iniciantes, a corrida contou com atletas do MT, GO, PR e SP. Alguns conhecidos, como o campeão panamericano Elenilson da Silva, e a corredora de Cuiabá, Nadir Sabino.

O corredor campo-grandense Yeltsin Jacques também participou da corrida e chegou em primeiro em sua categoria. "Não cheguei nem perto do meu melhor tempo", avalia o corredor, que diz ter feito uma prova tranquila.

Conforme a assessoria de imprensa dos Correios, os circuitos estaduais acontecem nessa época do ano em todo o País. Os dois funcionários que vencem a etapa estadual competem no início do ano seguinte em Brasília.

A premiação da corrida de hoje inclui troféus e prêmios em dinheiro que variam de R$ 1.200,00 a R$ 50,00 para todas as categorias. O resultado final da corrida ainda não foi divulgado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions