A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/05/2008 13:20

Ação contra máfia do carvão já prendeu 28 pessoas

Redação

A operação da PF (Polícia Federal) contra a máfia do carvão que atuava em quatro Estados já prendeu 28 pessoas. Foram expedidos 34 mandados de prisão.

Vinte e três estão presas em Três Lagoas, cidade que fica a 326 quilômetros de Campo Grande, três na Capital e uma no Maranhão. Agora, a PF faz análise da documentação apreendida e ouve indiciados e testemunhas.

Entre os presos estão cinco policiais rodoviários federais que atuavam no posto da BR-158 em Paranaíba e mais outros três servidores públicos, entre elas a chefe da Agenfa (Agência Fazendária) de Paranaíba e Jofrei Janeiro Silva do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis).

Silva era investigado há três anos e meio pelo sumiço de mil jogos de ATPF (Autorização de Transporte de Produtos Florestais), documento que era usado antes do DOF (Documento de Autorização Florestal), instituído em 2006. 

Os policiais facilitavam o escoamento de carvão irregular, mediante pagamento de propina. O carvão era produzido por madeira extraída ilegalmente. Empresários e

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions