A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/05/2008 13:05

Adiado mais uma vez júri de acusado de matar radialista

Redação

A Justiça adiou mais uma vez o julgamento de Cleiton Segóvia, acusado de matar o radialista paraguaio Samuel Roman no município de Coronel Sapucaia, que fica a 396 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. Esta é a segunda vez que o júri é adiado.

O júri estava inicialmente marcado para abril, depois foi transferido para maio, e agora ainda não há uma nova data.

O advogado de Cleiton, Aires Noronha, disse ao site A Gazeta News que o novo adiamento se deu por conta da não apresentação em tempo hábil do resultado da perícia de uma fita pedida pela defesa, onde constaria o depoimento do réu. Segundo o advogado o depoimento foi prestado de forma informal à polícia, ao ser preso dias após o crime em 2004.

O crime ocorreu no início da noite do dia 20 abril de 2004, na Avenida Flávio Derzi, em Coronel Sapucaia, porque o jornalista fazia denúncias de irregularidades na administração pública e enriquecimento ilícito.

O ex-prefeito de Coronel Sapucaia, Eurico Mariano, foi julgado e condenado por ser considerado mandante do assassinato, mas continua em liberdade devido às apelações.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions