A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/05/2008 08:47

Advogado falta e júri de policias militares é adiado

Redação

O julgamento dos policiais militares Nalrisnaldo dos Santos Pereira e Cleiton Alves de Oliveira, que seria nesta quarta-feira, foi adiado. O advogado dos acusados, Marco Antônio Ferreira Castello faltou ao júri.

Ferreira já havia tentado adiar o julgamento ontem. Ele pediu ao juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal dói Júri, para que marcasse uma nova data porque uma testemunha considerada imprescindível está em Brasília. O juiz negou.

O advogado então entrou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça. Até o início desta manhã o mandado não havia sido julgado.

Agora, o julgamento de Pereira e Oliveira será junto com o dos também policiais militares, Nilton Jesus de Freitas e Walmir Bitencourt da Cruz, a partir das 8 horas do dia 30.

O juiz Aluízio explicou que ele poderia nomear um defensor público, mas o caso poderia demorar ainda mais para ir a julgamento, então por isso marcou para a sexta-feira da próxima semana.

Segundo Aluízio, o júri será mais demorado e pode atrapalhar a defesa dos réus. O processo tem seis volumes.

Os policiais são acusados dos assassinatos de Wanderson de Souza Rodrigues, 24 anos, e Cristiano de Oliveira, 18 anos, ocorridos dia 27 de maio de 2004 em Campo Grande.

As vítimas ocupavam o veículo

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions