A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

01/10/2012 18:48

Aeroclube de MS teve certificado suspenso por falta de infraestrutura técnica

Helton Verão

A Gerência de Vigilância de Operações de Aviação Geral, ligada à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), publicou portaria hoje suspendendo o certificado de atividade aérea do Aeroclube de Mato Grosso do Sul, localizado em Campo Grande. Por falta infraestrutura técnica a autorização foi suspensa.

Com isso não foi renovado junto a Anac o curso prático e teórico de pilotagem. Nesses casos, vistorias técnicas são realizadas no local e toda a documentação do aeroclube é verificada, além do principal fator, a infraestrutura técnica de funcionamento.

A Anac informou que foi aberto um processo administrativo para apurar as possíveis irregularidades encontradas no local, que no momento estão sob investigação.

O Aeroclube foi notificado por meio de um ofício enviado no dia 26 de setembro de 2012 e está impossibilitado de fornecer o curso teórico e prático de pilotagem, bem como realizar qualquer atividade aérea no local.

Para renovação do curso de pilotagem deve-se apresentar toda a infraestrutura adequada junto à Anac e cumprir os demais critérios advindos da fiscalização realizada no local, informou a agência.

A portaria, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, é assinada pelo gerente de Vigilância de Operações de Aviação Civil, Antônio Alessandro Mello Dias.

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Sou Piloto Privado, nº 8738, formado pelo Aéroclube de Campo Grande - MT em 21/07/1970. Os meus exames práticos e teóricos foram realizados na cidade de Aquidauana, por equipe de oficiais da F.A.B. Naquela oprtunidade, foram aprovados apenas dois Pilotos, este que vos escreve e mais outro de nome SOTTER, se não me engano.
Meu saudoso instrutor foi o Sargento Barreto, da Base Aérea de Campo Grande, falecido em acidente aéreo com o avião Paulistinha do Aéroclube.
Residi em Campo Grande de 1958 a 1961, quando trabalhava para a Shell Brasil Limited.
Espero que o Aéroclube de Campo Grande possa ser reativado, pois essa Capital merece e tem necessidade de tal entidade. Saudações amigas a Direção e a todos. 23/03/2013.
 
David westphal em 23/03/2013 15:54:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions