A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/04/2012 23:57

ALL se defende e afirma que cumpre com obrigações estabelecidas em contrato

Nyelder Rodrigues

A América Latina Logística (ALL), empresa que detém a concessão ferroviária para o transporte de cargas no Mato Grosso do Sul e controla a linha turística do Trem do Pantanal, se pronunciou sobre as declarações do deputado estadual Paulo Duarte (PT) sobre a interrupção do trajeto Indubrasil/Aquidauana.

Conforme a empresa, está sendo cumprindo à risca o Contrato Operacional Específico firmado com a operadora turística Serra Verde Express. Foram assumidos os compromissos de dar à operadora o direito de passagem em sua malha, no trecho compreendido entre Campo Grande e Miranda.

O deputado Duarte afirmou que a malha ferroviária está em mal estado de conservação, fazendo com que os vagões atinjam a velocidade máxima de 15 km/h e afaste passageiros. Pelo sucateamento, Duarte disse que iria ao Ministério Público Federal (MPF) solicitar a cassação da concessão.

Em defesa, a ALL declarou que o trecho está em boas condições de manutenção e, portanto, apresenta condições adequadas de segurança para o transporte de passageiros e cargas, sendo investidos de 2006 a 2011 mais de R$1 bilhão no trecho de Corumbá a Três Lagoas.

Quanto a baixa velocidade dos vagões do Trem do Pantanal, a ALL afirmou que o traçado tempo médio de oito horas, em uma velocidade de 27 km/h, dentro do limite de 30 km/h estabelecido em contrato.

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Pra investir em malha Ferrea não da lucro pra ninguem. O bom mesmo e caminhão, rodovias muitos pneus, bitrens, e muitas morte, todo mundo lucra até os cemitérios.

VOCE ACHA QUE OS POLITICOS VÃO MUDAR ESSA HISTÓRIA, Transporte itermodal, grande malhas ferreas, como EUA, CANADA ETC, pra que baratear o transporte, se nos o POVÃO BESTA paga a conta, os impostos mais caros do mundo, e ainda acha ta b
 
mateus costa em 14/04/2012 02:28:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions