A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

25/03/2010 10:31

Amedrontados, vizinhos de idoso assassinado evitam falar

Redação

Assustados, vizinhos do aposentado Franckilin Yashuhiro Shinzato, de 78 anos, assassinado na noite de terça-feira, na travessa Bocage, no bairro São Francisco, evitavam falar sobre o caso, na manhã desta quinta-feira.

Uma comerciante, que pediu para não ser identificada, relatou ao Campo Grande News que na casa do aposentado trabalhavam duas pessoas, um homem e uma mulher.

Ela diz que após o primeiro assalto sofrido pelo idoso, em dezembro do ano passado, o homem apresentou comportamento estranho e começou a faltar ao trabalho. Na ocasião o aposentado chamou a Polícia Militar, mas não foi à delegacia para registrar boletim de ocorrência.

A mesma vizinha conta que a casa do idoso era freqüentada por jovens, usuários de drogas, conforme foi informado aos investigadores. Segundo ela, na região há uma boca-de-fumo, comandada por uma mulher e a traficante é temida pelos moradores.

A equipe de reportagem tentou falar com outros dois vizinhos, mas nenhum deles quis comentar o assunto. Um, inclusive, estaria sofrendo ameaças. Amedrontada, a comerciante diz que pretende se mudar de bairro.

O aposentado foi encontrado morto ontem de manhã, depois que a empregada estranhou a casa fechada e objetos no chão e chamou o sobrinho dele. No local havia uma garrafa de champanhe e um liquidificador sujos de sangue, possivelmente usados para golpear a vítima. O carro dele chegou a ser levado e encontrado ainda ontem no bairro Nova Campo Grande, na saída para Aquidauana. O caso é investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions