A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/04/2009 08:29

Amigos de jovem em coma discutem violência no trânsito

Redação

Em apenas 2 dias, 195 pessoas já aparecem como membros de comunidade do Orkut criada para divulgar informações sobre o quadro clínico da estudante Rayssa Favaro, de 19 anos, vítima de acidente no cruzamento da rua Bahia com a Mato Grosso, na terça-feira passada.

O espaço virou fórum de discussão sobre o acidente, a Justiça e a violência no trânsito de Campo Grande. Entre um comentário e outra informação, os amigos da jovem deixam clara a indignação sobre o caso.

Os membros da comunidade contestam versões apresentadas até agora pelos rapazes que estavam no segundo veículo envolvido na colisão. O motorista era Marcelo Broch, que sem Habilitação diz ter saído com carro da tia escondido.

A promotora de Justiça Regina Broch confirma a versão, dizendo que antes do acidente foi buscar o sobrinho e o filho Gabriel em uma festa no clube Estoril.

Um dos amigos de Rayssa comenta. "Que promotora acorda às 5 horas da madrugada para pegar sobrinho maior de idade e filho em festa?"

Os colegas de Rayssa avaliam que a versão foi contada para eximir a promotora de qualquer responsabilidade, já que é representante do Ministério Público Estadual.

Em outro depoimento, colega da jovem ironiza a justificativa apresentada por Marcelo para ter fugido do local do acidente, com omissão de socorro à Rayssa e ao primo, que ficaram no local feridos. "Como alguém que tem Síndrome do Pânico vai à festa no Estoril", argumenta sobre a doença alegada pela família Broch que tem como um dos sintomas fobia à aglomerações.

A velocidade informada por Marcelo sobre o momento da colisão rende outros tantos comentários. "Como alguém que estava a 60 km/h joga o outro carro a 36 metros de distância", questiona outro membro da comunidade no Orkut, apesar do número ser superior ao apresentado pela Polícia, que constatou distância de 25 metros do ponto da batida.

Os amigos, a maioria da evangélicos, também convocam para orações e até jejum foi coletivo na manhã de quarta-feira. Um culto vai reunir a comunidade no sábado, na 14 de Julho às 19 horas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions