A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

09/05/2013 10:22

André define 5% de reajuste neste ano e propõe índices até para 2015

Edivaldo Bitencourt e Luciana Brazil
Governador, durante evento na Governadoria, fez anúncio de reajuste ontem (Foto: Divulgação)Governador, durante evento na Governadoria, fez anúncio de reajuste ontem (Foto: Divulgação)

O governador André Puccinelli (PMDB) apresentou, ontem à noite, a proposta de reajuste salarial para os servidores públicos estaduais para os próximos três anos. Neste ano, o reajuste linear para os 65 mil funcionários será de 5%, enquanto os índices devem ser de 8% para 2014 e 10% para 2015.

Em reunião com a Feserp/MS (Federação dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul), o governador apresentou um projeto para os próximos três anos. De acordo com o presidente da entidade, Rudney Vera de Carvalho, a proposta é reajuste linear de 5% para todos neste ano. O índice ficará abaixo da inflação acumulada nos últimos 12 meses, de 6,43%, segundo o IPCA-E (Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial) do IBGE.

Para os servidores filiados à Feserp, que incluem-se os agentes penitenciários, administrativos, agentes educadores, entre outros, o Governo promete fazer uma correção na tabela dos salários, o que elevará o reajuste para 7% neste ano.

Puccinelli também prometeu incluir no projeto de lei os índices de reajuste dos salários para 2014 (8%) e até 2015 (10%). Neste último ano, o compromisso será cumprido pelo sucessor de Puccinelli.

O governador assumiu, segundo Carvalho, o compromisso de corrigir todas as distorções nas carreiras do funcionalismo público estadual até o fim do seu mandato. Ele assumiu, ainda, que pagará os salários de novembro, dezembro e o 13º no final do próximo ano. Ou seja, não vai deixar a folha de dezembro para o sucessor.

A assessoria do Governo informou que três categorias terão o Plano de Cargos e Carreiras definidos neste ano: agentes penitenciários, auditores e funcionários da Assistência Social. De acordo com o sindicato, Mato Grosso do Sul pode ser o primeiro estado brasileiro a ter um plano específico para a Assistência Social.

O projeto com o reajuste dos funcionários será enviado para a Assembleia Legislativa aprovar até o dia 15 deste mês. O Governo precisa estar com os novos números definidos até o dia 18, quando processa a folha de pagamento do mês de maio.

Os sindicatos farão nova reunião amanhã para decidir se aceitam ou não o calendário de reajuste apresentado pelo governador.



É lamentável............
 
José Marcio Gonçalves em 10/05/2013 07:44:57
Sr. Governador esse percentual que o Senhor está oferecendo aos funcionários estadual é vergonhoso e imoral. É uma merréca. Para o funcionalismo público o Senhor está sendo um dos governadores mais mesquinho de MS. Isso tem um nome "INJUSTIÇA". Na justiça divina o Senhor vai responder por isso. Ah! se vai. pense nisso.
 
João Alves de Souza em 10/05/2013 00:21:42
Sinceramente, se for pra ter somente 5% de reajuste, prefiro nada. Lembramos disso em 2014, com certeza o PMDB, partido do nosso ilustre governador irá indicar candidato ao governo do estado, daí é hora de dar a resposta, sugiro não votarmos em politico algum, pois são todos iguais, votamos nulo, infelizmente. Que democracia é essa?
 
Jose Roberto Nascimento de Castro em 09/05/2013 23:18:48
Não meus amigos, o reinado do italiano não vai chegar ao fím! Vc´s vão eleger ele Senador da Republica, assim como reelegeram ele Governador! Somos os únicos responsáveis pela nossa "desgraça", paguemos o preço da nossa burrice então!
 
Orlando Arruda em 09/05/2013 21:49:08
Dinheiro não é problema para ele, o resto que se dane!
Para Políticos assim, o único jeito é GREVE GERAL!
 
Valter Oliveira em 09/05/2013 20:55:52
Vergonhoso, abaixo do índice de inflação!!!
 
Francisco Duarte em 09/05/2013 11:32:52
Ridículo isso. Por que ele não pega os 4 milhões que são gastos todos os meses com propaganda e direciona esse dinheiro para a melhoria dos salários dos funcionários públicos ??? E a situação das viaturas dos bombeiros, da PC e da PM ??? Na verdade o povo tem o governo que merece !!!
 
Antonio Espindola em 09/05/2013 11:30:25
Os beneficiados com o reajuste maior e o plano de cargos são todos filiados ao sindsad-ms , que bom que começaram a olhar para os administrativos
 
Luciana Freitas em 09/05/2013 11:19:37
Cadê os eleitores, aqueles que saem de casa,gasta teu tempo e dinheiro, é obrigado a votar, isto porque estamos num país Democrático,este cara é muito cara de pau mesmo,mas calma falta pouco para que este reinado termine.
 
kimiko de freitas em 09/05/2013 11:12:02
informação para todos os funcionários públicos
 
angelica miranda em 09/05/2013 10:51:36
Esse cara é muito esperto. É claro ele não não vai estar mais no poder em 2015. então o reajuste maior fica para o proximo governo.Isto é incrivel!
 
Nilson André em 09/05/2013 10:49:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions