A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/07/2014 13:03

André diz que Aquário irá custar R$ 120 milhões, três meses de gastos com saúde

Leonardo Rocha
André afirmou que obra do Aquário são apenas três meses de gastos com saúde (Foto: Marcos Ermínio)André afirmou que obra do Aquário são apenas três meses de gastos com saúde (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que a obra do Aquário do Pantanal ficará em torno de R$ 120 milhões, que segundo ele, representa três meses de gastos com a área de saúde pela administração estadual. Também anunciou que a sua inauguração dificilmente será em outubro deste ano, como estava previsto anteriormente.

“Não deve ficar pronto para o dia 11 de outubro, que era uma data especial, mas garantimos que até o final do ano vamos entregar, de dezembro não passa”, afirmou ele. André ponderou que equipamentos e peças poderão ser enviados dos Estados Unidos por avião, ao invés de navegação, desmontados, para integrar um dos 32 aquários do Centro de Pesquisa e de Reabilitação da Ictiofauna Pantaneira.

O governador ponderou que o valor apresentado não inclui gastos com pessoal e manutenção, já que estes recursos são planejados em outro orçamento. “Este custeio (pessoal) e gastos operacionais serão medidos depois, não está nesta conta”.

André ressaltou que caso o Aquário seja inaugurado alguns meses antes de encerrar seu mandato, o próprio pessoal da administração estadual poderia assumir o funcionamento. “Não vai ter problema nós ocamos, temos guias turísticos da Fundação (Turismo) e podemos fazer algumas parcerias e convênios”.

Sobre o futuro do Centro de Pesquisa, Puccinelli ressaltou que caberá ao próximo governador decidir se pretende ”tocar” o projeto, repassar para iniciativa privada ou destinar um novo rumo. “O candidato eleito (governador) que decida se quer vender, continuar ou derrubar”, ironizou.

Obra - O Aquário do Pantanal está na fase de colocação das placas de acrílico que recobrem a estrutura metálica. O ritmo de trabalho é acelerado. Em maio, foi colocada a primeira placa de acrílico, uma gigante de 22 toneladas, 22 centímetros de espessuras e dimensões de 6,15 metros por 9,15 metros.

Os peixes vão ficar em período de quarentena em galpões que estão em fase de construção na PMA (Polícia Militar Ambiental), no Parque das Nações. Os galpões totalizam 1.500 metros quadrados.

No fim do mês passado, o governo estadual liberou projeto de pesquisa e extensão, no valor de R$ 5,2 milhões, que envolve a biodiversidade do Aquário do Pantanal. Também em junho, foi firmado convênio com a Petrobras, que vai investir R$ 15 milhões na construção do MiBio (Museu Interativo da Biodiversidade).

O aquário terá 25 tanques, com destaque para o que levará o nome de rio Paraguai. A estrutura terá 1,3 milhão de litros de água e vai formar um túnel. Ele tem o objetivo de atrair turistas, estudiosos e universidades estrangeiras, para pesquisas sobre a biodiversidade do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions