A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

09/07/2010 10:43

Ao enterrar filha, pai faz apelo contra a violência

Redação

Pouco antes do sepultamento do corpo da arquiteta Eliane Nogueira, de 39 anos, o pai dela, João Antônio Nogueira, de 59 anos, fez um apelo contra a violência alertando especialmente os jovens que é preciso estar atento ao comportamento dos parceiros e denunciar, quando for vítima qualquer tipo de agressão.

"Procure conhecer seu namorado, seu esposo. A primeira vez que ele te bater vá na delegacia, registre queixa. Quem ama não bate, quem ama não mata", disse.

O empresário Luiz Afonso Santos de Andrade, de 42 anos, que era casado há mais de dois anos com Eliane, é o único suspeito da morte de Eliane, ocorrida há uma semana. No ano passado o casal registrou um boletim de ocorrência por lesões corporais recíprocas e, segundo familiares e amigos, os dois brigavam constantemente.

Além do irmão e do pai, também estava presente o filho da arquiteta, um adolescente de 15 anos, que morava com ela. O pai do garoto, Luiz Otávio Jorge Dias, contou que falava com ela frequentemente e que nunca havia mencionado qualquer coisa que remetesse a um histórico de violência, assim como o adolescente.

O garoto passará a morar com o pai, em Cuiabá. "Estou muito triste. Ele faz parte da minha vida, assim como Eliane também fazia", disse Luiz Otávio, muito emocionado. Ele foi casado com Eliane por 15 anos.

Suspeito

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions