A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/11/2009 10:27

Após 1 mês monitorado, advogado é preso por pedofilia

Redação

Depois de um mês de investigação, o advogado Antônio Paulo de Amorin, 53 anos, foi preso por pedofilia hoje, em Dourados, cidade distante 230 quilômetros de Campo Grande.

Segundo matéria do site Dourados Agora, pelo menos três vítimas já foram identificadas.

Ele foi preso com base em mandado de prisão preventiva decretada por 30 dias pela juíza Dileta Terezinha Tomaz.

A casa e escritório dele, que funcionam no mesmo local, na Rua Onofre Pereira de Matos, Centro de Dourados, eram monitorados.

Ele passou a ser investigado depois que a Delegacia da Mulher registrou queixas de familiares de menores, encaminhadas pelo Ministério Público Estadual, que recebeu as denúncias há cerca de um mês.

Delegados e peritos da Polícia Civil foram à casa do advogado, onde apreenderam materiais devido ao mandado de busca e apreensão também expedido pela Justiça.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions