A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/10/2013 17:59

Após mais de cinco horas, candidatos julgam cansativa prova do Enem

Kleber Clajus
As irmãs Sandra e Silvana prestaram juntas o Enem na esperança de ingresso no ensino superior (Foto: João Garrigó)As irmãs Sandra e Silvana prestaram juntas o Enem na esperança de ingresso no ensino superior (Foto: João Garrigó)
Grupo de estudantes avaliava desempenho na saída da segunda etapa e considera que redação sobre Lei Seca não surpreendeu (Foto: João Garrigó)Grupo de estudantes avaliava desempenho na saída da segunda etapa e considera que redação sobre Lei Seca não surpreendeu (Foto: João Garrigó)

A segunda fase do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), realizada na tarde deste domingo (27), foi classificada como cansativa por quem ficou cerca de 5h30 resolvendo as 45 questões de referentes a linguagens, códigos, matemática e suas tecnologias, além da redação que tinha por tema a aplicação da Lei Seca.

“A prova foi muito extensa, com questões grandes. Mesmo assim acredito que foi tranquilo e o tema da redação sobre a lei seca foi bem comum e atual”, conta o pedagogo Rodney Nascimento, 40 anos, que está buscando uma nova graduação agora em educação física.

O assistente administrativo Willian Vieira, 19 anos, tenta pela terceira vez o Enem, a qual julga “a mais difícil”. A tática de preparação envolveu o uso de videoaulas e apostilas adquiridas em uma banca de revistas, mas a extensão das questões não foi muito agradável.

A prova também ficou mais difícil na avaliação da estudante Roberta Sales, 16, que fez até curso preparatório e busca uma vaga de medicina “onde conseguir” com a nota alcançada no Enem.

As irmãs Sandra e Silvana Tanaka, de 49 e 40 anos, avaliavam juntas o desempenho na saída do colégio Mace e mantinham esperança de um bom resultado para cursar serviço social e pedagogia, respectivamente.

“Estou 25 anos afastada de uma sala de aula e para mim foi um desafio. Na redação defendi uma fiscalização mais dura e que a conscientização pese no bolso com as multas”, analisa Sandra que é fiscal do transporte coletivo.

Teve quem não quis esperar os últimos 30 minutos de prova para sair com o caderno de questões. O motivo, mais uma vez, foi o cansaço.

“Preferi não pegar o caderno porque já estava cansado”, comenta o estudante Samuel Saste, 18 anos, que ontem realizou a primeira etapa no período noturno por ser membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia. “O tema da redação foi tranquilo e utilizei como argumentos a necessidade de mais agentes para controle da Lei Seca e equipamentos, como o bafômetro”, defende Samuel que fez a prova na Escola Estadual Joaquim Murtinho e pretende cursas Engenharia de Energia na UFGD (Universidade da Grande Dourados).

Jaqueline Ponciano, 18, almeja o curso de bacharelado em estética e cosmética. “É meu primeiro Enem. Não sabia como era direito”, diz a estreante no exame.

Resultado – De acordo com Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), o gabarito das duas etapas do Enem deve ser divulgado na terça-feira (30). Este poderá ser acessado através do site http://portal.inep.gov.br/enem.

Em Mato Grosso do Sul, 150.549 pessoas realizaram o exame, o que representa aumento de 15% em relação ao número de participantes em 2012 (133.036). Do total 167 eram estrangeiros.



Quer coisa fácil!!?? Vai empurrar bêbado na ladeira. Sempre foi assim (faz mais de 30 anos que acompanho), só muda a ignorância dos candidatos.
 
Jorge Junior em 27/10/2013 18:32:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions