A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/09/2013 17:39

Após suspensão da coleta, prefeito abre sindicância e pode romper contrato

Edivaldo Bitencourt e Lidiane Kober
Prefeito promete punir empresa se sindicância confirmar as irregularidades (Foto: Cleber Gellio)Prefeito promete punir empresa se sindicância confirmar as irregularidades (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), anunciou, na tarde de hoje (23), que instaurou sindicância contra a concessionária de coleta do lixo na Capital, CG Solurb. Após a suspensão da coleta do lixo, na quinta-feira (19), ele abriu o procedimento que pode levar ao rompimento com a empresa.

Segundo Bernal, a concessionária já recebeu R$ 30 milhões neste ano e não havia motivos para a suspensão da coleta. A Solurb alegou atraso no pagamento e suspendeu a coleta na quinta-feira. A empresa só retomou o serviço após o pagamento de R$ 10 milhões pela prefeitura, que representava 50% da dívida.

De acordo com o prefeito, o MPE (Ministério Público Estadual) encaminhou ofício para cobrar providências em relação à empresa, como a utilização de 28 caminhões emplacados em Palmas (TO). Segundo ele, o contrato exige a compra de veículos novos e emplacados em Campo Grande. "Indica mais um desrespeito" comento Bernal.

Outra irregularidade foi a não conclusão a Usina de Triagem de Resíduos, que pegou fogo no início deste mês. Ele também disse que a sindicância vai apurar a responsabilidade da Solurb na desativação do lixão, que deve ocorrer até agosto de 2014.

Bernal afirmou que a sindicância pode levar ao rompimento do contrato. Não é a primeira vez que ele ameaça romper o contrato com a empresa. No entanto, a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Delegados não apontou, por enquanto, nenhuma irregularidade no contrato firmado em outubro do ano passado, que prevê faturamento de R$ 1,827 bilhão em 20 anos.



por favor senhor prefeito se vc fosse dono de uma empresa e ficasse de três a quatro meses sem receber pelos serviços prestados vc faria o que.?
pararia os serviços ou continuaria os préstimos?
ainda mais para a prefeitura que não tem dinheiro em caixa,que precisa de suplementação orçamentaria para pagar os funcionários.
E AI BERNAL?????????????????????????
 
valdir zatti em 23/09/2013 21:00:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions