A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/05/2012 10:25

Audiência do traficante Nem no Rio de Janeiro é transferida para 2ª feira

Aline dos Santos
Nem chegou de helicóptero para prestar depoimento.(Foto: Reprodução/TV Globo)Nem chegou de helicóptero para prestar depoimento.(Foto: Reprodução/TV Globo)

Fora do presídio federal de Campo Grande (MS) desde quarta-feira, o traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, teve a estadia ampliada no Rio de Janeiro.

Os interrogatórios previstos para a tarde de ontem foram transferidos para a próxima segunda-feira. De acordo com o Portal G1, o adiamento foi provocado pela ausência de uma das testemunhas de defesa, o delegado Maurício Demétrio, que também prestaria depoimento nesta quinta. Os advogados consideram seu testemunho indispensável.

Segundo a juíza Naires Arce, da 38ª Vara Criminal, o delegado ligou dizendo que não compareceria à audiência por problemas de saúde. Estavam previstos os interrogatórios dos três réus – Nem e os ex-líderes comunitários William de Oliveira e Alexandre Leopoldino Pereira da Silva - e os depoimentos de quatro testemunhas de defesa.

Os três respondem a processo por porte armas e associação para o tráfico. O traficante deixou o presídio de Bangu I, onde passou a noite, de helicóptero. A aeronave pousou no heliponto do Tribunal de Justiça. Após o anúncio do adiamento, ele embarcou novamente de helicóptero rumo a Bangu.

Nem está na unidade penal de Campo Grande desde 19 de novembro do ano passado. Nove dias antes ele foi preso no Rio de Janeiro, quando tentava fugir da Rocinha escondido no porta-malas de um carro Toyota Corolla.

Desde que está na Capital, o traficante tem participado de audiências por videoconferência. De acordo com noticiado pelo jornal O Dia, o juízo requisitou que Nem fosse conduzido ao Rio de Janeiro para ser interrogado pessoalmente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions