A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

23/08/2011 15:18

Audiência pública levantará potencial econômico de Aparecida do Taboado

Edmir Conceição e Fabiano Arruda

Cidade servida por hidrovia, rodovia e ferrovia tem 56 indústrias, mas não tem incentivos e nem programa de qualificação de mão de obra

Audiência pública na Assembleia Legislativa vai levantar o potencial econômico de Aparecida do Taboado, principalmente o viés da industrialização. O município tem hoje 56 indústrias que geral 4.800 empregos, mas não há nenhuma política de incentivo para a expansão industrial e atração de investimentos em outras áreas.

A audiência pública foi proposta hoje pelo deputado estadual Paulo Corrêa (PR), observando a localização estratégica de Aparecida do Taboado, na divisa de dois grandes centros consumidores, São Paulo e Minas Gerais, com boa logística de transportes sendo servida pela Ferronorte, hidrovia Tietê-Paraná e BR-158.

O deputado visitou a cidade na semana passada junto com o presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul). É uma cidade pujante”, afirmou, lembrando, no entanto, que falta mão de obra qualificada para suprir as indústrias já instaladas, que projetam crescimento mão sem perspectivas na área de recursos humanos.

Corrêa fez visitas às unidades das empresas Dânica, Pelmex, Alpha, Pais & Filhos, Gala Embalagens, Plastrela, NTC, Tip Toe e V2 Confecções. Duas indústrias chamaram mais a atenção do parlamentar: a Dânica, que fabrica sistemas termoisolantes, e a Tip Toe, que monta os calçados Boutsen. A Dânica, disse o deputado, está produzindo divisórias que serão usadas na usina de Belo Monte. Já a Tip Toe, com os calçados Boutsen, é a 2ª maior fabricante de tênis do Brasil.

Criança de 3 anos que se afogou em piscina melhora em hospital
A menina de três anos que chegou à Santa Casa em estado grave depois de se afogar em uma piscina na tarde de domingo (20), apresentou melhora e não p...
Maioria concorda com demarcações sob o crivo do Ministério da Agricultura
Você concorda que a demarcação de terras seja responsabilidade do Ministério da Agricultura? Foi esta a pergunta feita pelo Campo Grande News nesta s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions