A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

05/09/2014 16:41

Avaliação do ensino dá nota boa a cidades, mas MS fica abaixo da média

Priscilla Peres
Índice divulgado hoje analisa a evolução no ensino das escolas. (Foto: Noticias MS)Índice divulgado hoje analisa a evolução no ensino das escolas. (Foto: Noticias MS)

Mato Grosso do Sul atingiu a meta de qualidade de ensino estabelecida pelo Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) apenas no 4° e 5° ano do Ensino Médio, ficando abaixo do esperado no 8° e 9° ano e na 3° série do Ensino Médio, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Ministério da Educação. Amambai, Costa Rica e Terenos se destacaram entre os municípios do interior, com notas bem acima das médias estipuladas.

Conforme os dados, o Estado está bem acima da meta projetadas pelo Ideb para o 4° e 5° do Ensino Fundamenta, ficando com média 5.2 em 2013 frente a 5.1 de 2011. As metas eram 4.4 para 2011 e 4.7 para 2013. Porém os números observados para as outras duas categorias por pouco não atingiram a meta estabelecida.

No 8° e 9°, o Estado tem média 4.1 em 2013 enquanto que a meta era de 4.2, em 2011 a meta observada foi de 4.0 atingindo a meta de 3.8. Na amostragem do 3° do Ensino Médio feita pelo Ideb, mostra que a meta para 2013 era de 3.8, mas o observado no Estado ficou em 3.6.

Quando falamos do ensino estadual, Mato Grosso do Sul bateu a meta no 4° e 5° ano e na 3º série do Ensino Médio, mas por pouco não chegou ao estabelecido para o 8° a 9° do Ensino Fundamental. Já a rede privada de ensino não atingiu nenhuma das metas estabelecidas pelo Ideb, estando inclusive, bem abaixo do esperado para a 3° série do Ensino Médio.

Municípios - Em relação a rede estadual de ensino, apenas quatro municípios pesquisados de Mato Grosso do Sul não atingiram a meta, sendo Caracol, Corguinho, Ladário e Paranhos. A maior nota é do município de Amambai que chegou a média de 7.1 em 2013, enquanto a meta era de 5. Glória de Dourados, Naviaraí e Coronel Sapucaia aparecem em segunda posição empatados com média 6.

Quando comparamos o desempenho da educação da rede municipal de ensino, 16 cidades não atingiram a meta estabelecida pelo Ideb para 2013. O melhor desempenho ficou empatado entre duas cidades, Costa Rica, que atingiu a média 6.5 em 2013, quando o esperado era de 4.7 e Terenos que tinha como meta 4.5.

País - O Ideb de 2013 mostra que o Ensino Médio e os anos finais do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano) não conseguiram atingir a meta prevista de qualidade do ensino. Nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1° ao 5° ano) o Ideb superou a meta em 0,3 ponto.

De acordo com informações divulgadas pela Agência Brasil, para os anos iniciais do Ensino Fundamental, o Ideb passou de 5, em 2011, para 5,2, em 2013, atingindo a meta estipulada de 4,9. Para os anos finais desta etapa de ensino, o Ideb passou de 4,1, em 2011, para 4,2, em 2013. Nesse caso, a meta era 4,4. No Ensino Médio, a meta estabelecida era 3,9 e o Ideb atingido foi 3,7. O Ensino Médio foi a única das etapas que não teve crescimento no Ideb, quando comparado com a nota anterior, de 2011, que também foi 3,7.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions