A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/08/2015 06:05

Baixa umidade do ar põe Mato Grosso do Sul em estado de atenção

Viviane Oliveira
O dia já amanhece coberto por uma névoa seca. (Foto: Marcos Ermínio) O dia já amanhece coberto por uma névoa seca. (Foto: Marcos Ermínio)

A quarta-feira será de calor com pouca nebulosidade, temperaturas elevadas na parte da tarde e umidade relativa do ar abaixo de 30%, o que coloca Mato Grosso do Sul em estado de atenção. Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os termômetros vão registrar a máxima de 37ºC. O ideal para a saúde humana é umidade de 60%.

Em Campo Grande, o tempo deve ficar parcialmente nublado a claro com névoa seca. A temperatura na cidade vai ficar em torno dos 33ºC e umidade relativa do ar em 25%. Na cidade de Dourados a máxima será de 32ºC, em Três Lagoas 34ºC, Corumbá 36ºC e Rio Verde de Mato Grosso 37°C.

Entre amanhã e sexta-feira, a nebulosidade aumenta, mas por se tratar de nuvens em níveis atmosféricos elevados, não haverá melhora significativa dos baixos índices de umidade. Os ventos diminuem de intensidade. A partir de sábado, os ventos giram para o sul e trazem temperaturas mais amenas e um pouco mais de umidade para o estado, especialmente no centro-sul.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) alerta que índices de umidade relativa menores de 30% caracterizam estado de atenção. Os principais efeitos da baixa umidade para a saúde são secura na garganta, nos olhos e problemas respiratórios. Par a diminuir os efeitos da baixa umidade, a organização recomenda a população beber bastante líquido para evitar desidratação, umidificar o ambiente, se proteger do sol e evitar exercícios fisicos entre 11h e 15h. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions