A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/12/2008 13:20

Bebê com doença rara não consegue deixar Santa Casa

Redação

Há quase seis meses na Santa Casa de Campo Grande, um bebê pode ser o primeiro no País a ter três síndromes raras, que podem ter sido causadas por problemas genéticos. Ele é o recém-nascido que está há mais tempo no hospital e não consegue sair por conta das dificuldades de se instalar uma UTI em casa.

O exame que irá dizer se Luiz Eduardo Fernandes de Novaes, de 5 meses e 24 dias, tem as síndromes, será realizado nesta semana e o resultado sai na mesma hora.

Drama - O bebê, que só conhece a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) da Santa Casa, não tem os movimentos do rosto, não consegue abrir a boca e a feição dele é sempre a mesma.

Além disso, não possui parte do cérebro. No local onde deveria haver massa encefálica, há água.

Desde que o filho nasceu, a mãe, Talita Fernandes Oliveira de Novaes, 23 anos, praticamente mudou-se para o hospital.

Conselho de Psicologia aprova resolução com regra para atendimento a transexuais
Em meio à polêmica que cerca a iniciativa de psicólogos para derrubar, na Justiça, uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que proíbe o...
Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions