ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Boletim médico confirma fratura de vértebra de Luciano Huck em pouso forçado

Edivaldo Bitencourt | 25/05/2015 15:49
Luciano e Angélica durante atendimento na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Arquivo)
Luciano e Angélica durante atendimento na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Arquivo)

Boletim médico do Hospital Albert Einsten, em São Paulo, confirmou que houve pequena fratura na vértebra do apresentador Luciano Huck. Segundo o site G1 de São Paulo, Angélica só teve uma lesão muscular. O casal e os filhos sofreram acidente aéreo ontem de manhã em uma fazenda a 21 quilômetros de Campo Grande.

Neste domingo, os apresentadores globais, os três filhos, as duas babás e os dois tripulantes foram socorridos por populares, pelo Corpo de Bombeiros e pela Base Aérea de Campo Grande.

Angélica e Huck foram atendidos na Santa Casa da Capital e transferidos à noite em dois jatinhos para São Paulo.

A suspeita inicial da equipe médica era de que Angélica tinha fraturado a bacia. No entanto, de acordo com o Albert Einsten, ela teve “estiramento muscular na região da cervical e “discreta lesão na musculatura da parede abdominal e pélvica”. Luciano teve pequena fratura na 11ª vértebra.

Em entrevista à jornalista Patrícia Kogut, de manhã, a apresentadora considerou “um milagre” a família ter saído viva do pouso forçado em Campo Grande.

Confira os boletins divulgados pelo G1:

"O Hospital Israelita Albert Einstein informa que a paciente Angélica Ksyvickis Huck encontra-se estável, sem comprometimento neurológico ou hemodinâmico. Apresenta discreta lesão na musculatura da parede abdominal e pélvica, além de um estiramento muscular na região da cervical.
Deverá ser submetida a exames complementares no dia de hoje."

"O Hospital Israelita Albert Einstein informa que o paciente Luciano Huck apresenta apenas pequena fratura do corpo da décima primeira vértebra torácica, encontra-se estável e sem consequências neurológicas.

Médico responsável:
Dr. Guilherme Ribas
Diretor Superintendente do Hospital:
Dr. Migual Cendoroglo Neto"

Nos siga no Google Notícias