A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

24/07/2015 12:57

Bombeiros divulgam normas contra incêndios em edifícios de baixo risco

Leonardo Rocha
Corpo de Bombeiros publica norma para edifícios de baixo risco (Foto: Marcos Ermínio - Arquivo)Corpo de Bombeiros publica norma para edifícios de baixo risco (Foto: Marcos Ermínio - Arquivo)

O Corpo de Bombeiros divulgou a norma técnica que estabelece os procedimentos e medidas de segurança contra incêndio em edificações de baixo potencial de risco, para dar celeridade as empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais em Mato Grosso do Sul. Este documento foi publicado hoje (24), no Diário Oficial do Estado.

Estas normas são para edificações de até três pavimentos, com lotação máxima de 100 pessoas, seguindo as áreas especificadas nos requisitos do Corpo de Bombeiros. Entre os temas propostas está o de licenciamento empresarial.

O CVCBM online será emitido pela internet certificando que a edificação foi enquadrada como sendo de baixo potencial de risco à vida ou ao patrimônio e concluiu com êxito o processo de regularização quanto à segurança contra incêndio e pânico junto ao CBMMS.

Assim as empresas terão condições de receber o CVCBM (Certificado de Vistoria do Corpo de Bombeiros Militar ) on line, será emitido pela internet certificando que a edificação foi enquadrada como sendo de baixo potencial de risco à vida ou ao patrimônio e concluiu com êxito o processo de regularização quanto à segurança contra incêndio e pânico j

Extintores - Sobre os extintores de incêndio devem ser escolhidos de modo a serem adequados a situação pertinente, em relação ao uso em materiais sólidos, líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos energizados. Eles precisam ser instalados nestes locais pelo um em não mais de 5 metros da entrada principal da edificação e das escadas e pavimentos, sendo que cada um precisa de duas unidades.

Em locais de riscos específicos devem ser Bombeiros divulgam normas contra incêndios em edifícios de baixo riscostalados (extintores) independente da proteção geral, como em casa de caldeira, casa de bombas, casa de força elétrica, casa de máquinas; galeria de transmissão, incinerador, elevador (casa de máquinas), escada rolante (casa de máquinas), quadro de redução para baixa tensão, transformadores, contêineres de telefonia, gases ou líquidos combustíveis ou inflamáveis.

Também solicita que nestes locais não se manipule ou armazene produtos perigosos à saúde humana, ao meio ambiente ou ao patrimônio, tais como: explosivos, peróxidos orgânicos, substâncias oxidantes, substâncias tóxicas, substâncias radioativas, substâncias corrosivas e substâncias perigosas diversas.

Sinalização - A norma apresenta a preocupação com a sinalização de emergência, para alertar perigos existentes e em situações de risco, com orientação sobre as ações de combate, assim como facilitar a localização dos equipamentos e as rotas de saída para o abandono seguro do local.

Nas saídas de emergência deve propiciar o abandono seguro e protegido da edificação, bem como permitir o acesso da guarnição de bombeiros para fazer o combate do incêndio e até retirada de pessoas, sendo então (saídas) dimensionadas em função da população presente.

Esta saída é descrita pela norma como os acessos, escadas ou rampas, rotas de saídas horizontais e respectivas portas e espaço livre exterior. Esses componentes devem permanecer livres e desobstruídos para permitir o escoamento fácil de todos os ocupantes.

O Corpo de Bombeiros estipula que a largura das saídas deve ser dimensionada em função do número de pessoas pode transitar por elas, tanto que as portas quando forem para acima de 100 pessoas, deve-se abrir sentido do trânsito de saída.

Isenção no vestibular da IFMS pode ser solicitada até amanhã
Termina nesta sexta-feira (19) o prazo para os alunos que irão participar do exame de seleção 2019 do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) ...
Agente acusado de calúnia após denunciar Odilon é inocentado
A Justiça Federal absolveu nesta quarta-feira (17) Valdemir Ribeiro Albuquerque, um dos cinco agentes penitenciários federais acusados de calúnia apó...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions