A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/05/2010 13:35

Câmara Federal quer criar mais 13 Estados no Brasil

Redação

Os livros de geografia do Brasil podem passar a ter novo desenho caso alguns projetos que tramitam na Câmara Federal sejam aprovados. Os deputados federais solicitam a criação de mais 13 Estados no Brasil, além de territórios federais.

Em Mato Grosso do Sul, o projeto pretende criar o Território Federal do Pantanal, com parte da área em Mato Grosso. A discussão sobre a divisão do então Mato Grosso nos 1970 ainda inflama os ânimos nas duas unidades federativas. O último episódio da rixa aconteceu durante a escolha das sedes da Copa do Mundo, em julho do ano passado, onde Cuiabá levou vantagem.

Se forem aprovados, os projetos vão dar vida aos Estados de Tapajós e Carajás (no Pará), Gurgueia (Piauí), Araguaia (Mato Grosso), Estado do Rio São Francisco (Bahia), Estado do Triângulo (entre Minas Gerais e Goiás), Maranhão do Sul, Mato Grosso do Norte.

O Brasil pode ganhar ainda cinco territórios federais: Pantanal (MS e MT), Rio Negro, Solimões e Juruá (Amazonas), e do Oiapoque (Amapá).

No Pará, por exemplo, a convocação de dois plebiscitos em caráter de urgência já foi aprovada pela Câmara, para que a população aprove a divisão do território e criação de três novos Estados.

O Território Federal do Pantanal é projeto do deputado Fernando Gabeira (PV-RJ) e abrange as cidades mato-grossenses de Barão de Melgaço, Cáceres, Poconé, Nossa Senhora do Livramento e Santo Antônio do Leverger. Em Mato Grosso do Sul, o Território engloba Aquidauana, Bonito, Corumbá, Coxim, Jardim, Miranda, Porto Murtinho, Sonora, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Ladário, São Gabriel do Oeste, Pedro Gomes, Guia Lopes da Laguna, Nioaque, Rio Negro e Bodoquena.

A população dos municípios chega a mais de 500 mil pessoas.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions