A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/01/2008 17:08

Camisinhas chegam semana que vem a estados, diz governo

Redação

O Ministério da Saúde divulgou hoje que começou a distribuir cerca de 19,5 milhões de preservativos masculinos para serem utilizados em ações de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e Aids durante o carnaval deste ano. A previsão é que as remessas cheguem aos estados na semana que vem, às vésperas de começar o período de folia.

Em Mato Grosso do Sul, a Secretaria Estadual de Saúde esperav a esta semana receber 720 mil preservativos para a campanha durante o carnaval, mas só havia recebido 180 mil, o equivalente a 25%.

O envio do material está atrasado, segundo o Ministério, por causa da demora ocorrida na licitação internacional feita em agosto do ano passado pelo governo para compra de 1 bilhão de preservativos. Conforme nota divulgada pelo Ministério, a demora no processo de licitação e de compra dessas unidades provocou redução de cerca de 50% no volume de camisinhas repassadas pelo governo federal.

Ainda de acordo com o órgão, por causa disso, os estados tiveram de entrar com contrapartidas maiores do que as normalmente previstas para impedir a falta do produto. Normalmente, os estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste arcam com 10% das camisinhas distribuídas gratuitamente e os do Sul e Sudeste, com 20% do total estimado para cada estado. No caso dos municípios, a proporção é a mesma, só que em relação ao total comprado pelos estados.

O chefe da Unidade de Prevenção do Programa Nacional de DST/Aids, Ivo Brito, afirmou que a liberação do lote encerra a situação de incerteza criada no final do ano passado quando, por causa de problemas na assinatura dos contratos com as empresas estrangeiras fornecedoras dos preservativos, havia dúvidas sobre a entrega de preservativos antes do carnaval.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions