A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

29/06/2009 17:28

Campo Grande está em "alerta máximo" com gripe suína

Redação

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) está em "alerta máximo" com a gripe A (H1N1), a gripe suína. A informação é do titular da pasta, Luiz Henrique Mandetta, que participou do lançamento das obras de 15 novos leitos da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande.

No momento, Campo Grande monitora quatro casos suspeitos da doença. O Ministério da Saúde ainda não confirmou nenhum caso da gripe suína em Mato Grosso do Sul. Mandetta explicou que o mais importante é a notificação precoce, para garantir o tratamento do paciente e evitar a proliferação do vírus.

O secretário contou detalhes sobre a notificação do primeiro caso suspeito na Capital. Uma mulher libanesa chegou do México e apresentou os sintomas da doença. Antes do caso ser notificado com suspeito, ela participou de uma festa com 78 pessoas. Caso fosse confirmado a doença, a Sesau seria obrigada a monitorar todos os convidados, amigos e parentes que entraram em contato com a turista.

Dois irmãos de Ponta Porã estão internados com suspeita da doença no Hospital Universitário. Eles estão bem. Hoje à tarde, a Sesau e o HU discutiram as estratégias de tratar os casos confirmados na Capital. A instituição está com três leitos reservados, além dos dois já ocupados pelos pacientes da fronteira.

Boletim do Ministério da Saúde informou que existem nove casos monitorados no Estado, apesar da Secretaria Estadual de Saúde informar que são 13 pacientes acompanhados e isolado em residências ou hospitais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions