A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

10/12/2009 18:03

Campo Grande registra queda em mortes por leishmaniose

Redação

Campo Grande pode registrar o menor número de óbitos causados por leishmaniose dos últimos seis anos. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) registrou três mortes de janeiro a novembro deste ano, acumulando redução de 75% em relação ao mesmo período do ano passado, quando ocorreram 12 mortes.

A quantidade de fatalidades registrada pela doença na Capital deve ser a menor já registrada desde 2003, quando 12 campo-grandenses morreram. As primeiras mortes foram registradas em 1999, quando pacientes vindos de outros estados morreram em hospitais de Campo Grande.

O número de casos notificados também caiu 7%, de 288 para 273 no mesmo período. No ano passado, em 12 meses, a Sesau notificou 327 casos suspeitos.

A diminuição de casos confirmados autóctones (contraídos na cidade) foi de 29%, de 131 para 93 nos primeiros 11 meses deste ano em relação ao mesmo tempo de 2008. A redução, se confirmada com o fechamento do balanço deste ano, é a melhor notícia após a adoção de medidas para acabar com a endemia na Capital, que teve como principal medida a distribuição de coleiras contra o mosquito transmissor da leishmaniose.

Mega-Sena sorteia bolada acumulada em R$ 20 milhões nesta quarta-feira
A Mega-Sena vai sortear na noite desta quarta-feira (24), após quatro sorteios sem vencedor do prêmio principal, a bolada acumulada em R$ 20 milhões....
UEMS abre período de rematrículas; prazo vai até o dia 3 de fevereiro
Já foi aberto pela UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) o período para rematrículas dos acadêmicos da para o ano letivo de 2018. O praz...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions