A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

12/08/2010 12:45

Campo Grande tem umidade do ar mais baixa do País

Redação

A umidade relativa do ar em Campo Grande atingiu o menor índice do País ao meio-dia de hoje, chegando a 24%, conforme o acompanhamento do Inmet (Instituto Nacional de Metereologia).

O Instituto emitiu um alerta de que a umidade do ar cairia para níveis críticos entre ontem e hoje, próximos de 20%. Há pouco, segundo as informações do Setor de Meteorologia da Base Aérea de Campo Grande, o percentual estava em apenas 19%.

O índice de umidade relativa do ar considera mede as partículas de água presentes no oxigênio. A OMS (Organização Mundial da Saúde ) considera o ín dice de 30% o mínimo para o ser humano respirar com tranqüilidade.

Com um ar muito seco, a respiração se torna mais difícil e problemas respiratórios podem aparecer, além do cansaço e da fadiga que chegam mais fáceis.

Um agravante em Campo Grande é a poeira que encobre a cidade e torna o ar ainda mais dificil de respirar.

Cuidado - O coordenador da Defesa Civil em Mato Grosso do Sul, coronel Ociel Ortiz Elias, informou que ontem foi emitido um boletim para todas os municípios, alertando para os níveis críticos de umidade relativa do ar e para as orientações que devem ser dadas à população.

A principal delas é evitar exposição ao sol e atividades físicas ao ar livre.

Segundo o coronel, caso o índice cheque aos 12%, considerando o mais crítico, a recomendação é de suspender as aulas nas escolas.

No Estado, além de Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Chapadão do Sul também estão com umidade abaixo dos 30%.

Não chove há 24 dias e a previsão é de que isso só ocorra na partir de 20 de agosto. Até lá, o melhor é se proteger do tempo seco, seguindo as orientações da Defesa Civil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions