A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/08/2014 12:42

Campus da UEMS na Capital será nosso presente de aniversário, diz reitor

Obra tem previsão de término em dezembro

Leonardo Rocha
Reitor da UEMS em área onde está sendo construído o campus de Campo Grande (Foto: Assessoria/UEMS)Reitor da UEMS em área onde está sendo construído o campus de Campo Grande (Foto: Assessoria/UEMS)

O reitor da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Fábio Edir dos Santos, afirmou hoje (8), durante a solenidade de comemoração de 20 anos, que o Campus da instituição em Campo Grande será o presente de aniversário da universidade. De acordo com ele, a obra tem previsão de ser entregue em dezembro deste ano.

"Esta unidade na Capital é o nosso presente (aniversário), na comemoração dos 20 anos de história, teremos toda estrutura necessária para colocá-la em funcionamento, com infraestrutura consolidada e turmas para já começarem em 2015", afirmou ele.

O reitor ressaltou que a unidade irá atender 1,8 mil alunos, em sete cursos de graduação, três de mestrado, além da criação do curso de medicina na instituição, que também está previsto para começar as atividades em 2015. "Estamos muito contentes com este projeto, e com os investimentos feitos na instituição", apontou.

O campus tem área total de 18 mil metros quadrados, com laboratórios, bloco para atividades administrativas, espaço de convivência, biblioteca central, assim como os cursos de Artes Cênicas e Dança, Geografia, Letras, Pedagoga e Turismo, mestrado em Letras.

A universidade está sendo construída na saída de Rochedo, ao lado do Cepaer (Centro de Pesquisa da Agraer). O investimento previsto é de R$ 45 milhões, para construção de sete blocos, com o laboratório de Medicina no Hospital Regional.

O Consórcio Maksoud Concrelaje ficou responsável pela construção dos blocos 1, 2, 3 e 4, nos espaços de convívio social, cursos de Artes Cênicas e Turismo, Letras, Administração, Urbanismo e Infraestrutura, com o valor (obra) de R$ 24,8 milhões.

Já o consórcio Marco-Sotef irá construir os blocos 5, 6 e 7 onde ficarão os cursos de Medicina, ala de laboratórios e os cursos de Geografia e Pedagogia, no valor de R$ 12,5 milhões. O governador André Puccinelli (PMDB) garantiu que a unidade da UEMS na Capital, assim como o Aquário do Pantanal, serão inaugurados até o final do ano, durante sua gestão.



Estamos no mês 8, a exatos 145 dias para o ano de 2015 e, consequentemente, para a gestão de outro governador. Sinceramente, acho pouco provável essas duas obras milionárias, Aquário e UEMS, ficarem prontas nesse prazo.
Quanto ao vestibular de Medicina, sei não. São exatos 91 dias para o ENEM; a faculdade já teria que ter enviado para inclusão no SISU o programa do curso, bem como número de vagas a serem disponibilizadas e tudo mais. E quanto aos servidores dessa unidade? Não teve concurso, virão de onde?
Quanto ao Aquário, depois de ficar pronto, ser vistoriado e liberado, ainda tem que passar por processo licitatório para definir qual empresa vai gerir a administração do empreendimento.
Tudo isso sem contar que se terminar logo, não tem de onde tirar $$$, né??
Resumindo: Só um milagre!
 
Guaraci Mendes em 08/08/2014 14:35:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions