A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/10/2013 12:33

Candidatos perdem Enem por falta de estacionamento e RG em Campo Grande

Helton Verão e Kleber Clajus
André Luiz disse que não conseguiu chegar no horário por falta de estacionamento (Foto: João Garrigó)André Luiz disse que não conseguiu chegar no horário por falta de estacionamento (Foto: João Garrigó)

Quando os portões se fecharam ao meio dia, surgiram as já “tradicionais” histórias dos atrasadinhos que perderam a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Dentre os problemas estão dificuldades para achar vaga para estacionar e até o esquecimento de documento com foto para fazer a prova.

O promotor de vendas de 25 anos, André Luiz Nunes, correu, mas não conseguiu entrar para fazer a prova e ganhou apenas o consolo dos jornalistas que faziam a cobertura em frente à Uniderp, na Avenida Ceará. Ele conta que ontem (26), no primeiro dia de provas, tudo correu bem, mas hoje, chegou três minutos depois dos portões fecharem.

Demorei para achar vaga no estacionamento. Moro no Jardim Leblon, sai por voltas das 11h30, fazer o que agora perdi”, lamentou o rapaz que vai prestar agora os tradicionais processos seletivos.

A adolescente Emily Tomazini, 15 anos, conseguiu chegar a tempo, mas não vai fazer a prova. A estudante foi até a Uniderp de ônibus do transporte coletivo, o 070, chegou 20 minutos antes, mas esqueceu de levar pelo menos um documento com foto. “Estou até com depressão de tristeza. Falaram para mim que se fossem os mesmos aplicadores de ontem eu poderia fazer a prova, mas não eram os mesmos, saí até tonta do local”, dramatizou a jovem.

Entre os que chegaram na hora, estava a consultora de informática, Damares Pinheiro, 51 anos, que está tentando pela segunda vez ingressar no curso de Psicologia através do Enem e sem ter feito cursinho. “Estou usando as experiências de vida dela. Língua portuguesa e redação são meus pontos fortes por conta da minha formação no ensino médio, na minha época era muito forte o ensino”, comentou a senhora.

Evitando um eventual problema, como quase aconteceu no primeiro dia de provas, a agente comunitária, Elizangela Batista Lesse, 38 anos, chegou cedo hoje. “Ontem cheguei bem em cima da hora, hoje para evitar problemas cheguei bem antes”, disse orgulhosa.

Já a estudante Giovana Pereira, 17 anos, não deixou que a perna quebrada a impedisse de participar da segunda etapa do exame. Com o apoio da mãe entrou na área de prova com tranquilidade e confiante.

Enem - Neste domingo os candidatos participam da segunda etapa do exame que inclui redação e 45 questões sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, e Matemática e suas Tecnologias. O tempo de prova é de 5h30.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions