ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 26º

Capital

"Dá o dinheiro ou estouro sua cabeça", disse ladrão à vítima antes de ser morto

Por Viviane Oliveira e Marcus Moura | 31/01/2017 10:24
Ainda assustado, mecânico conta como foi a abordagem dos bandidos (Foto: André Bittar)
Ainda assustado, mecânico conta como foi a abordagem dos bandidos (Foto: André Bittar)

Ainda assustada, a vítima de 51 anos que teve a casa invadida por ladrões, na madrugada desta terça-feira (31), relembra os momentos de terror em que passou amarrado com fios elétricos sob o poder de homens armados. “Um deles falava o tempo todo: dá o dinheiro ou estouro sua cabeça”.

Dois dos três bandidos que invadiram a casa, onde também funciona uma oficina, morreram ao trocarem tiros com policiais militares do Batalhão de Choque. Os suspeitos ainda não foram identificados.

O mecânico relata que estava sozinho no imóvel, quando foi surpreendido pelos ladrões, dois deles armados com revólveres calibres 32 e 38. “Fui obrigado a deitar no chão de bruços. Eles amarraram minhas mãos para trás com fio de ferro de passar roupa”, lamenta.

Enquanto dois homens reviravam a casa, um dos suspeitos cuidava o portão para que nada desse errado. A ação, segundo o mecânico durou cerca de 10 minutos até a chegada da equipe do Batalhão. “Escutei, quando um deles falou: “A polícia está ai”.

A intenção dos bandidos, segundo a vítima, era fugir no seu veículo Astra, estacionado na mecânica. “Eles chegaram a pedir a chave pra mim. Pouco depois ouvi vários disparos de tiros e quando olhei para trás já vi que um dos policiais estava no quarto”, relata. Os dois homens foram baleados dentro da casa.

Bandidos reviraram casa em busca de dinheiro (Foto: André Bittar)
Bandidos reviraram casa em busca de dinheiro (Foto: André Bittar)

Abordagem - Equipes faziam rondas na região, quando um homem que saía de uma residência se assustou ao ver a viatura, voltou correndo para dentro e bateu o portão. A atitude do suspeito chamou a atenção dos policiais, que foram em direção ao imóvel.

Ao se aproximar, os militares ouviram vozes dizendo: “A polícia tá ai”. Os militares, então, entraram no local e um dos bandidos correu e pulou o muro para a casa vizinha. Em seguida, dois homens que saíam do imóvel dispararam contra os policiais, que revidaram.

Os assaltantes foram baleados e socorridos por uma das equipes do Batalhão de Choque à Santa Casa, onde morreram minutos depois. Já a vítima foi encontrada em um dos quartos deitada no chão e com as mãos para trás amarradas com fios de ferro de passar roupa.

Na casa, havia dois caminhões, um carro e várias peças espalhadas. Segundo a polícia, a intenção dos bandidos era levar um dos veículos. Os dois mortos estavam sem documentos e ainda não foram identificados. Duas armas encontradas com os bandidos foram apreendidas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário